PUBLICIDADE
Topo

Olist recebe aporte do Goldman Sachs e da Redpoint eventures

15/04/2021 07h55

Por Carolina Mandl

SÃO PAULO (Reuters) - A plataforma brasileira de soluções de comércio eletrônico Olist levantou 23 milhões de dólares em recursos novos com o Goldman Sachs e a gestora de venture capital Redpoint eventures, disse a empresa nesta quinta-feira.

Os recursos, que se somarão à série D anunciada no fim do ano passado, financiarão os planos da Olist, incluindo novas contratações, aquisições e crescimento fora do Brasil. Essa quarta rodada totalizou 80 milhões de dólares e contou com novo aporte do principal investidor da Olist, o SoftBank Latin America Fund.

O presidente e fundador Tiago Dalvi disse que a Olist decidiu aumentar o tamanho da rodada porque o crescimento da empresa ultrapassou as projeções que antes feitas para este começo de ano, exigindo mais capital para crescer.

Em meio a lockdowns para conter a disseminação do novo coronavírus, mais lojistas estão se voltando para o comércio eletrônico para ofertar seus produtos. "A Olist atende pequenas e médias empresas, que são as que estavam menos preparadas para as vendas digitais quando a pandemia começou", disse Dalvi. Ele se recusou a divulgar a avaliação de Olist, que tem 675 funcionários.

O Goldman Sachs, que lidera o aporte, está investindo na Olist por meio de seu antigo "merchant banking", atualmente parte da área de asset management do banco, e terá um assento no conselho de administração da companhia. No Brasil, o Goldman também investe na fintech de pagamentos Iugu e na provedora de serviços oncológicos Oncoclinicas.

Além do Goldman, Redpoint e SoftBank, os investidores da Olist incluem Valor Capital, Velt Partners, FJ Labs, Península Participações e o investidor de software e empresas de consumo Kevin Efrusy.