PUBLICIDADE
Topo

Deu Tilt#13: Teorias da conspiração sobre 5G vêm de disputa política

Thiago Varella

Colaboração para Tilt

05/05/2021 04h00Atualizada em 27/05/2021 23h01

Você já deve ter ouvido teorias bizarras sobre o 5G. Uma delas diz que a nova tecnologia de telefonia celular seria capaz de matar pássaros. Na Europa, por exemplo, já houve casos de pessoas que tentaram derrubaram torres com medo do 5G.

Para Moacyr Martucci Junior, professor do departamento de Engenharia de Computação da USP (Universidade de São Paulo) e um dos coordenadores do think-tank de implantação do 5G no Brasil, tudo isso é bobagem e fruto de disputa política.

Martucci conversou sobre o assunto com Guilherme Tagiaroli, repórter de Tilt, no 13º episódio do nosso podcast de ciência e tecnologia, o "Deu Tilt".

Ouça o episódio na íntegra no arquivo que abre esta matéria.

O professor contou que, no passado, as micro-ondas que foram instaladas no Brasil até chegaram a matar pombas. Mas que esse risco hoje não existe (a partir de 30:45).

"As micro-ondas podiam matar pombas por causa da potência. O coitado do 5G tem uma potência mínima que nem chamusca a peninha do beija-flor. E existe uma regra que determina a potência máxima em cada faixa de frequência. As antenas do 5G são mais próximas e a potência é menor que do 4G. Não vai matar passarinho e não vai fazer mal pra gente", assegurou.

De fato, a implantação do 5G em todo o mundo tem gerado uma briga política entre EUA e China. Durante o governo Trump, houve muita pressão para que a empresa chinesa Huawei não participasse do leilão no Brasil como fornecedora de equipamentos.

Martucci vê a disputa como normal, por causa do tamanho do negócio do 5G. Para ele, quem tiver a maior parte da tecnologia vai ganhar mais, já que é algo que o mundo inteiro vai usar (a partir de 25:40).

"Estamos falando de informação e isso significa poder. Toda a politização sobre o 5G passa por aí. China e EUA fazem uma briga econômica. Domínio tecnológico significa recursos financeiros e domínio político. E por trás tem a informação. Porque o 5G atrelado com a internet das coisas vai coletar um conjunto de informação muito grande", afirmou.

Os podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts e em todas as plataformas de distribuição de áudio. Você pode ouvir Deu Tilt, por exemplo, no Spotify, na Apple Podcasts e no YouTube.