PUBLICIDADE
Topo

Deu Tilt #10: Revolucionário, grafeno pode até agir contra coronavírus e filtrar água do mar

14/08/2020 04h00

O grafeno é um material muito pequeno, de escala nanométrica, bidimensional, extremamente leve e resistente, e é uma promessa para resolver problemas e criar produtos inovadores. O engenheiro ambiental Gabriel Estevam Domingos está começando a desenvolver uma máscara de grafeno para proteção contra vírus e bactérias e falou sobre esse material revolucionário com o colunista Ricardo Cavallini, o Cava, no décimo episódio do nosso podcast de ciência e tecnologia, o "Deu Tilt" (ouça no arquivo acima).

Como o grafeno é transparente, seu uso em uma máscara para barrar vírus e outro microorganismos pode ser ideal. No entanto, hoje, o foco de Domingos e sua equipe ainda é outro (ouça a partir de 07:52).

"O desafio de mercado é o de criar uma espécie de filme antimicrobiano de forma que o grafeno, por ser muito fino, consiga rasgar a camada lipídica que envolve o RNA do vírus, para expôr esse código genético e destrui-lo", afirmou.

Por causa dessa característica do grafeno, seria possível usar o produto para colocar sobre uma maçaneta ou os botões de um elevador, por exemplo, e criar um efeito sanitizante muito maior do que o do álcool ou do sabão, já que tudo ficaria protegido por mais tempo contra vírus e outros microorganismos.

O grafeno também consegue servir como filtro e atuar, por exemplo, no processo de dessalinização da água (ouça a partir de 06:09).

"Na forma de óxido de grafeno, é possível fazer a retenção de sólidos dissolvidos e a água acaba sendo passada. E isso já foi feito no Brasil", explicou Domingos.

*

Os podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts e em todas as plataformas de distribuição. Você pode ouvir Deu Tilt, por exemplo, no Spotify, na Apple Podcasts, no Deezer e no YouTube.