PUBLICIDADE
Topo

Amazon cresce 17,5% e vale US$ 220 bi, diz estudo; Google ultrapassa Apple

Getty Images
Imagem: Getty Images

De Tilt, em São Paulo

28/01/2020 10h41

A Amazon liderou, pelo terceiro ano consecutivo, um ranking feito pela Brand Finance que lista as marcas mais valiosas do mundo.

O relatório de 2020, divulgado ontem, mostra que a marca de Jeff Bezos alcançou o valor recorde de US$ 220,8 bilhões (cerca de R$ 926 bilhões), crescimento de 17,5% em relação ao levantamento do ano passado (US$ 187,9 bilhões, ou R$ 788,4 bilhões).

As também gigantes Google e Apple fecham o "pódio": segundo a Brand Finance, a marca da Alphabet ultrapassou a companhia fundada por Steve Jobs e ficou na 2ª posição, com valor de US$ 159,7 bilhões (R$ 670,6 bilhões).

A Apple, por sua vez, caiu 8,5% em relação ao ranking de 2019 e registrou um valor de US$ 140,5 bilhões (R$ 590 bilhões).

O restante do "top 10" é composto, na ordem, por Microsoft, Samsung, ICBC, Facebook, Walmart, Ping An e Huawei.

Ranking das empresas mais valiosas do mundo, de acordo com a Brand Finance - Reprodução - Reprodução
Este é o top 10 do ranking das empresas mais valiosas do mundo, de acordo com a Brand Finance
Imagem: Reprodução

Errata: o texto foi atualizado
O ranking trata do valor das marcas, e não das empresas. A informação foi corrigida