Topo

Não quer tarifa dinâmica no Uber? Programa de benefícios chega ao Brasil

Empresa tenta diversificar seu modelo de negócio no Brasil - Andrew Kelly/Reuters
Empresa tenta diversificar seu modelo de negócio no Brasil Imagem: Andrew Kelly/Reuters

Rodrigo Trindade

De Tilt, em São Paulo

28/08/2019 12h13

Sem tempo, irmão

  • Empresa lançou programa de fidelidade Uber Rewards no Brasil
  • Usuários convidados de dez cidades foram os primeiros a receber acesso
  • Membros das categorias Platina e Diamante ficarão isentos da tarifa dinâmica

Se você é um usuário assíduo da Uber, especialmente se você usa o serviço em horário de pico, o novo programa da empresa poderá até livrá-lo da temida tarifa dinâmica, que eleva o preço das corridas nesses momentos mais concorridos. Em testes a partir desta quarta-feira (28) no Brasil, o Uber Rewards funcionará como um programa de fidelidade semelhantes aos das companhias aéreas.

Usuários recorrentes dos aplicativos da empresa serão agrupados em quatro categorias: Azul, Ouro, Platina e Diamante. A distinção é feita a partir dos pontos acumulados pelos usuários nos últimos seis meses. Mas para isso é preciso usar -e muito- os serviços da marca.

A pontuação é acumulada da seguinte maneira:

  • Para cada R$ 1 gasto com Uber Eats, UberX, UberX VIP e Uber Juntos você ganha um ponto;
  • Para cada R$ 1 gasto com Uber Select e Uber Black você ganha dois pontos.

Se você fizer uma corrida de R$ 40 no Uber Black toda semana, irá somar 2.080 pontos em seis meses. Já se você usar o UberX três vezes por semana para corridas de R$ 15, serão 1170 pontos acumulados no período de validade.

Para chegar ao nível mais alto do programa de fidelidade, é necessário gastar pelo menos R$ 2.000 no Uber Select ou Black- as modalidades mais caras de transporte. Os níveis são divididos assim:

  1. Azul - até 399 pontos acumulados;
  2. Ouro - de 400 a 1.499 pontos acumulados;
  3. Platina - de 1.500 a 3.999 pontos acumulados;
  4. Diamante - a partir de 4.000 pontos acumulados.

A desejada isenção da tarifa dinâmica se aplica apenas às categorias Platina e Diamante. A Uber diz que o benefício permitirá a escolha de uma rota que não terá o preço da corrida alterado pelo horário de pico ou trânsito intenso.

A isenção será total na maioria dos casos, mas em situações de demanda extrema ainda haverá aumento nos valores, embora ele seja menor para usuários Platina e Diamante em relação aos outros níveis.

Outra vantagem desse grupo seleto de usuários será a prioridade na hora de pedir um Uber nos principais aeroportos brasileiros. Quem for usuário diamante ganhará uma corrida "surpresa" por mês no Uber Black ou Select ao pedir um UberX e ainda terá direito a três entregas gratuitas no Uber Eats.

Mas não serão somente os membros dessas categorias mais altas que terão benefícios. A cada 500 pontos que você acumular, independentemente do seu nível no programa de fidelidade, você terá a escolha entre um desconto de 10% em viagens da Uber durante três dias ou 20% de desconto em um pedido no Uber Eats.

Os usuários Ouro, assim como Platina e Diamante, terão acesso aos motoristas com as melhores avaliações dentro da plataforma.

Quem receberá e qual é o futuro

A partir desta quarta-feira, usuários convidados irão experimentar o programa em Fortaleza, João Pessoa, Maceió, Natal, Brasília, Goiânia, Vitória, Santos, São José dos Campos e Florianópolis. A empresa irá incluir mais convidados e cidades para testar a novidade nos próximos meses.

Ao Tilt, a empresa explicou que o programa de fidelidade é "mais um passo rumo à visão de futuro" dela para diversificar suas "diversas linhas de negócio".

"No Brasil, o Uber Rewards vai contabilizar gastos e ganhos tanto na Uber quanto no Uber Eats, reconhecendo cada ocasião em que somos acionados por alguém, quase sempre mais de uma vez por dia", diz a Uber, que chama a novidade de "um investimento nos usuários".

O programa já existe nos Estados Unidos em um formato semelhante ao que será implementado aqui no Brasil. Isso significa que a empresa de micromobilidade Jump, que realiza o compartilhamento de patinetes e bicicletas elétricas, não entra para a conta dos pontos acumulados.

No ano passado, a Uber disse ter planos de lançamento deste serviço por aqui, mas por enquanto isso não se concretizou. Nos Estados Unidos, a empresa planeja que a integração da Jump ao Uber Rewards "seja feita o quanto antes". Esperamos que quando as patinetes e bicicletas desembarcarem por aqui elas já contem nossos reais como pontos de fidelidade.

SIGA TILT NAS REDES SOCIAIS

Mais Uber