Topo

É golpe: lista de "postos com gasolina" no WhatsApp visa te roubar

Golpe no WhatsApp tenta usar greve dos caminhoneiros para fazer vítimas - Marcelo Fonseca/Estadão Conteúdo
Golpe no WhatsApp tenta usar greve dos caminhoneiros para fazer vítimas Imagem: Marcelo Fonseca/Estadão Conteúdo

Gabriel Francisco Ribeiro

Do UOL, em São Paulo

28/05/2018 19h38

Nem mesmo o drama de brasileiros com a greve de caminhoneiros e a escassez de produtos como gasolina foi respeitado por cibercriminosos. Em meio ao caos em algumas cidades, um novo golpe no WhatsApp tem aproveitado a situação para enganar muitos usuários do aplicativo – precisamente, mais de 60 mil pessoas nas últimas 24 horas.

A ação, flagrada pela Kaspersky, é bem simples. No WhatsApp, há uma mensagem que diz simplesmente “Aqui esta (sic) a listas dos postos que receberão gasolina hoje, confira:” seguido de um link. Não clique nele e, mais importante ainda, não compartilhe a mensagem.

Veja também: 

Se você clicar no link, será enviado para uma página fraudulenta. Lá o criminoso diz que para acessar a lista completa dos postos que receberiam o combustível é preciso compartilhar a informação com três amigos – cidade e Estado da vítima também são solicitados.

Criminosos pedem compartilhamento e informações como cidade e Estado - Reprodução
Criminosos pedem compartilhamento e informações como cidade e Estado
Imagem: Reprodução

Depois que você compartilha a suposta informação com contatos do mensageiro, o site passará a encaminhar o usuário para várias páginas que oferecem serviços premium, instalação de aplicativos ou apenas para sites cheios de propagandas.

Golpe oferece suposta lista de postos que receberão gasolina - Reprodução
Golpe oferece suposta lista de postos que receberão gasolina
Imagem: Reprodução

“O criminoso ganha de muitas formas: milhares de page-views no site cheio de propaganda, instalação dos aplicativos sugeridos pela página em um esquema de pay-per-install ou até mesmo com a oferta de instalação de apps maliciosos, como já vimos anteriormente”, aponta Fábio Assolini, analista sênior de segurança da Kaspersky Lab.

Segundo a empresa especializada em segurança, o domínio utilizado no golpe é o mesmo usado para hospedar outras ações maliciosas no aplicativos. O ataque já está sendo bloqueado por produtos de segurança da Kaspersky.

Para evitar cair em golpes no WhatsApp, é bom seguir algumas dicas. Confira abaixo:

Use estas dicas antes de clicar em promoções falsas

UOL Notícias

Mais Tilt