Topo

Conteúdo duplicado atrapalha visualização de sites no Google; saiba como evitar

A primeira causa da "copiação" pode ser combatida de forma simples: jamais faça Ctrl V + Ctrl C - Thinkstock
A primeira causa da "copiação" pode ser combatida de forma simples: jamais faça Ctrl V + Ctrl C Imagem: Thinkstock

Edgard Matsuki

Do UOL, em São Paulo

06/12/2012 06h00

Um dos fatores que mais atrapalha o bom posicionamento de um site (ou blog) no Google é o conteúdo duplicado. Isso porque o robô do Google deve sempre privilegiar um site, toda vez que mais de um link tiver informações repetidas – e, por causa de inúmeros fatores (como a relevância do site), nem sempre o conteúdo original será destacado no buscador.

Conteúdo duplicado é todo tipo de informação que aparece em mais de um link na internet: ele pode ser duplicado dentro de um mesmo site ou em outras páginas. Basicamente, existem três formas de isso acontecer: copiando informações de outros sites, sendo copiado ou criando páginas duplicadas dentro de seu próprio site.

A primeira causa do problema (copiar) pode ser combatida de forma simples: por mais que você considere interessante um texto de outra página, jamais faça Ctrl V + Ctrl C (copiar e colar). Apesar de existirem sites que “sobrevivem” apenas do plágio, cedo ou tarde o Google perceberá que eles não são úteis e vai puni-los.

Cópia de si mesmo

Você também deve evitar que seu site crie conteúdo duplicado. Isso porque, apesar de haver sempre uma página inicial, a navegação da maioria dos sites se dá de forma caótica: os links não são criados apenas com base na produção de conteúdo, mas também data da postagem e criação de tags, para citar alguns fatores.

Se por um lado isso faz com que o seu site tenha várias “portas de entrada”, por outro pode prejudicá-lo se o Google detectar muito conteúdo repetido. Caso isso aconteça, existe a possibilidade de o buscador destacar uma página que não seja a mais importante. Pior do que isso, o Google pode considerar os dois (ou mais) links irrelevantes, fazendo com que “briguem” entre sim por um melhor posicionamento.

Para evitar que isso aconteça, a ferramenta do Google para Webmasters é a sua grande aliada. Com ela, você vai bloquear (para o robô do Google) os endereços que não devem aparecer nos buscadores.  Após acessar o site do serviço, faça o seguinte caminho: Painel > Integridade > URLs Bloqueados. Você encontrará o quadro abaixo.

Tudo o que está bloqueado dica depois de “Disallow:” – no exemplo acima, estão bloqueadas as páginas criadas por um formulário interno de busca ou por tags. Caso queira bloquear outros tipos de páginas, é só acrescentar mais uma linha com o termo que não deve aparecer. Ex: Disallow: /tag.

Cópias de outros sites

Controlar a cópia na internet é impossível e, por isso, o melhor a fazer é tentar controlar quem copia você. Assim, é possível usar técnicas para “avisar ao Google” que o seu conteúdo é o original.

Uma boa ferramenta para saber se o seu conteúdo está sendo plagiado é a Copyscape. Para utilizá-la, basta acessar o site e colocar o link do texto que você quer verificar. Confira se algumas dessas cópias aparece melhor colocada do que você no Google. Caso isso aconteça, vale mandar um e-mail para a pessoa retirar o link do ar ou referenciar o seu site. 

Outra forma de se prevenir do Ctrl C + Ctrl V é colocando links para outras páginas do seu site e para a própria página do artigo no meio dos seus textos. Quando copiarem os seus artigos, os links vão juntos. E aí o Google será avisado que você é o original.
 

Mais Tilt