PUBLICIDADE
Topo

No Paraná, Ministério Público vai investigar qualidade de serviços de Claro, Oi e Vivo

Do UOL, em São Paulo

07/08/2012 16h35

A Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor do Paraná, ligada ao Ministério Público (MP) estadual, instaurou nesta terça-feira (7) um inquérito civil contra Oi, Vivo e Claro para apurar o cumprimento dos Planos de Ação e Melhoria entregues à Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações).

Segundo o Ministério Público, o objetivo é apurar se as empresas cumprem o plano geral de metas e qualidade exigido pela Anatel após o bloqueio temporário das vendas que vigorou durante 11 dias durante julho e agosto. Tanto a Anatel como as três empresas investigadas serão chamadas para prestação de esclarecimentos à promotoria estadual.

Também no Estado, uma ação coletiva do MP contra a TIM pede a suspensão de vendas da operadora. Outra ação cautelar na Justiça Federal para pedir que a operadora de telefonia TIM seja novamente proibida de vender linhas no Estado.