PUBLICIDADE
Topo

Amazon aumenta salários e contrata 100 mil esperando alta por coronavírus

Empresa espera gastar mais de 350 milhões de dólares com aumento salário de seus funcionários - Getty Images
Empresa espera gastar mais de 350 milhões de dólares com aumento salário de seus funcionários Imagem: Getty Images

Em San Francisco (EUA)

17/03/2020 08h51

A empresa americana Amazon informou nesta segunda-feira que estava aumentando os salários e contratando 100.000 trabalhadores nos Estados Unidos devido à pressão sobre sua força de trabalho causada por um aumento nas compras online devido aos temores da disseminação do coronavírus.

O grupo de Seattle espera gastar mais de US$ 350 milhões (cerca de R$ 1,75 bilhões) para aumentar os salários em seus centros de distribuição, operações de transporte e lojas na América do Norte e Europa.

"Obter um item prioritário à sua porta é vital, pois as comunidades hoje praticam distanciamento social, principalmente para idosos e outras pessoas com problemas de saúde subjacentes", informou o vice-presidente sênior de operações globais, Dave Clark, em um blog.

"Estamos vendo um aumento significativo na demanda, o que significa que nossas necessidades de mão de obra são sem precedentes para esta época do ano", escreveu.

A Amazon adicionará mais de 100 mil empregos em período integral ou parcial nos Estados Unidos, segundo Clark.

"Muitas pessoas foram afetadas economicamente, pois empregos em áreas como recepção e entretenimento públicos, restaurantes e viagens se perdem ou são negligenciados como parte dessa crise", enfatizou.

Segundo Clark, o salário por hora da Amazon nos Estados Unidos é de US$ 15 ou mais, e terá um aumento de US$ 2 até abril.