Topo

eSport


Mundial de "PES" começa nesta sexta; brasileiro GuiFera tenta o bi

Mundial de "PES" tem disputas individuais e em modo cooperativo de três jogadores - Divulgação
Mundial de "PES" tem disputas individuais e em modo cooperativo de três jogadores Imagem: Divulgação

Tiago Alcântara

Colaboração para o START, em São Paulo

28/06/2019 10h31

Resumo da notícia

  • Mundial tem premiação total de US$ 300 mil
  • Brasil tem cinco jogadores na disputa individual e duas equipes na competição de trios
  • GuiFera, campeão em 2017, tem chance de lutar pelo bi depois de ficar fora em 2018
  • Torneio acontece no Emirates Stadium, casa do Arsenal, na Inglaterra

Não é só a Copa América e a Copa do Mundo de futebol feminino que estão agitando a torcida. Nesta sexta-feira (28) e sábado (29) acontece o mundial de "Pro Evolution Soccer" em sua fase final, em Londres, na Inglaterra.

O jogo da Konami, que divide com o "FIFA" o protagonismo no futebol virtual mundial, organiza a "PES League 2019" com seus torneios 1v1 e de trios. E tem Brasil em campo: nas duas disputas há representantes nacionais, que vão jogar em palco grandioso do futebol: o Emirates Stadium, casa do Arsenal.

Brasileiros em campo

Na categoria individual, o Brasil concorre com 5 jogadores: Guilherme "GuiFera", campeão mundial em 2017, Felipe "Mestre", jogador do Corinthians, Henrique "Henrykinho", bicampeão nacional, Alisson "Black", que foi segundo colocado no Mundial de 2013, e Wanderley "alemão_pesbr", que foi segundo colocado do WESG em março deste ano, ao perder para o italiano Ettore "Ettorito", na China - o WESG é um tradicionalíssimo torneio de games comparado aos Jogos Olímpicos por ter diversas categorias.

Já em trios, são dois times brasileiros na disputa: o ELIGASUL STARS, que tem "alemão_pesbr", "GuiFera" e "Ralphmonteiroo", e o Tiger Sports, com "Mito Abdalla", Fabricio Paes e Allan Alves. Os dois estão bem cotados para disputar o título.

GuiFera: esperança de título

GuiFera volta a disputar o Mundial: ele foi campeão em 2017, mas ficou fora em 2018 - Divulgação
GuiFera volta a disputar o Mundial: ele foi campeão em 2017, mas ficou fora em 2018
Imagem: Divulgação
Todos os atletas demonstraram alta competitividade nos campeonatos nacionais, regionais e intercontinentais até se classificarem para o Mundial. O último resultado mais expressivo foi o de Wanderley, com o vice no WESG, mas o nome que mais ficou famoso nos últimos anos foi o de "GuiFera", pelo título mundial de dois anos atrás, então com apenas 17 anos.

O pro-player natural da cidade de Jaú, no interior de São Paulo, volta a disputar o Mundial depois de ficar fora da edição de 2018, mas vem de bons resultados nos torneios de preparação neste ano.

Ettorito: de olho nele!

O italiano Ettore "Ettorito", que venceu o brasileiro Wanderley "alemão_pesbr" no WESG, é o cara a ser batido. Além do individual, o pro player detém também o título mundial de trios. Com o título mundial e do WESG, é como se ele fosse o campeão olímpico e mundial no individual, além de sua conquista na competição de trios. Ou seja, o cara é uma máquina.

Fique ligado na programação para acompanhar a PES League 2019:

Programação

Sexta (28) - 10h (horário de Brasília) - Campeonato de Trios
Sábado (29) - 7h (horário de Brasília) - Campeonato individual

Acompanhe as transmissões no canal oficial da PES League no YouTube, em inglês.

Formato

Tanto no individual quanto em trios, o formato é semelhante ao de uma Copa do Mundo de futebol. Há uma fase inicial de grupos, todos contra todos, com os dois primeiros colocados de cada grupo se classificando, e a partir daí ocorrem jogos eliminatórios.

Premiação

No total, o Mundial de PES distribui US$ 300 mil em prêmios, aproximadamente R$ 1,15 milhão.

Divulgação
Imagem: Divulgação

Mais eSport