PUBLICIDADE

Topo

Você sabia? Criador do Game Boy começou carreira na Nintendo como operário

A criatividade de Gunpei Yokoi conduziu a Nintendo ao mundo dos videogames - Montagem/UOL
A criatividade de Gunpei Yokoi conduziu a Nintendo ao mundo dos videogames Imagem: Montagem/UOL

Pedro Henrique Lutti Lippe

Do UOL, em São Paulo

07/10/2016 10h00

Gunpei Yokoi revolucionou a indústria dos games com suas invenções. De sua cabeça saíram criações como o Game Boy, o Game & Watch, e até mesmo o direcional digital em forma de '+', padrão até os dias atuais. Mas sua carreira na Nintendo começou de uma maneira pouco glamurosa.

Formado como técnico de eletrônica, Yokoi foi contratado pela Nintendo em 1965 para trabalhar como operário na manutenção das máquinas da fábrica de hanafuda - o jogo de cartas japonês que era o principal produto da empresa na época.

O engenhoso jovem tinha como hobby trabalhar em suas próprias invenções - talento que não passou despercebido pelo então presidente da Nintendo, Hiroshi Yamauchi.

Em visita à fábrica de cartas em 1966, o executivo tomou nota de um brinquedo que Yokoi tinha criado para sua própria diversão. Era uma espécie de braço extensível capaz de agarrar objetos distantes. Yamauchi ordenou que Yokoi transformasse o brinquedo em um produto para a Nintendo vender naquela temporada de Natal.

A Ultra Hand tornou-se um enorme sucesso, e foi vendida pelo mundo todo. Yokoi acabou promovido.

Ultra Hand - Reprodução - Reprodução
Sucesso da Ultra Hand ajudou a Nintendo de escapar de problemas financeiros
Imagem: Reprodução

Liderada por Yamauchi, a Nintendo passou as décadas seguintes expandindo seus negócios para outros mercados. A empreitada abriu espaço para algumas outras criações de Yokoi, como a máquina lançadora de bolas de baseball Ultra Machine e o 'testador de compatibilidade amorosa' Love Tester.

De acordo com um artigo escrito por Lara Crigger para o The Escapist, foi em uma viagem no trem-bala que Yokoi teve sua próxima grande ideia. Ele observou um homem que, entediado, apertava botões aleatórios em sua calculadora eletrônica para passar o tempo. Pouco tempo depois, o inventor pensou em um sistema de jogos eletrônicos portátil com duas telas LCD, batizado de Game & Watch.

O sucesso do sistema fez a Nintendo enfim voltar seus olhos para os videogames. Yokoi acabou incumbido da tarefa de supervisionar a criação de "Donkey Kong" e "Mario Bros." ao lado de Shigeru Miyamoto. Como produtor, ele ainda foi instrumental na concepção de jogos como "Kid Icarus" e "Metroid".

Misturando o conceito de sistema miniaturizado do Game & Watch e a tecnologia por trás do Nintendinho, Yokoi então criou o Game Boy. Mais de 118 milhões de unidades do sistema foram vendidas até hoje.

Game & Watch - Reprodução - Reprodução
Nintendo vendeu mais de 43 milhões de sistemas Game & Watch
Imagem: Reprodução

No livro "Game Over", David Sheff relata que Yokoi sempre planejou aposentar-se cedo. Ele acabou deixando a Nintendo em 1996, pouco após a empresa lançar e ver fracassar uma de suas últimas invenções, o Virtual Boy - sistema que utilizava um visor especial para criar uma experiência arcaica de realidade virtual. O lançamento supostamente ocorreu sem a aprovação de Yokoi, que ainda não considerava a tecnologia apropriada para consumo.

O último projeto de Yokoi ao lado da Nintendo foi o Game Boy Pocket. Com sua própria firma, o inventor ainda coordenou a criação do portátil Bandai WonderSwan.

Gunpei Yokoi morreu em 4 de outubro de 1997, vítima de um acidente de trânsito. Em 2003, ele foi homenageado de maneira póstuma com um prêmio da Associação Internacional de Desenvolvedores de Games (IGDA) pelo conjunto de sua obra.