Topo

"Gears of War 4" aprofunda modo Horda 3.0 adicionando classes de batalha

Rodrigo Guerra

Do UOL, em Vancouver*

19/09/2016 10h01

Não é só do multiplayer competitivo que “Gears of War 4” vive. Na verdade, o modo Horda é um dos mais populares da série desde sua estreia no qual 5 jogadores se unem para destruir o máximo de inimigos controlados pelo computador. Para isso você e seus companheiros precisam adicionar estruturas de defesa para ajudar na tarefa de defender sua posição e, com isso, aumentar a carnificina.

O objetivo é sobreviver 50 ondas de inimigos que vão aumentando de dificuldade progressivamente. A cada 10 ondas os jogadores deverão enfrentar um chefe que vai exigir um trabalho de equipe ainda maior para derrotá-lo. Simples e fácil de entender, certo?

Mas a Coalition pretende mudar um pouco as coisas com o Horde 3.0. Começando pelo fato de que os jogadores terão que escolher classes de personagens para entrar na contenda e também podem decidir onde será sua base mãe no mapa, isso é feito com o item chamado Fabricator, uma estrutura que será vital para o progresso da horda. A ideia é que os jogadores pensem mais estrategicamente antes de partir para a briga.

As classes vão mudar a dinâmica do modo Horda, mas tenha em mente que os Scouts e Engineers são indispensáveis para ter sucesso - Divulgação
As classes vão mudar a dinâmica do modo Horda, mas tenha em mente que os Scouts e Engineers são indispensáveis para ter sucesso
Imagem: Divulgação

As classes são divididas em Soldier, Scout, Heavy, Sniper e Engineer e cada uma delas tem habilidades específicas para o desafio.

Soldier, é a classe responsável por causar dano. É a classe mais fácil de se jogar pois incorpora basicamente tudo o que aprendemos durante a campanha, ou seja, você tem que saber como se posicionar para destruir os monstros, além de saber como usar turretas.

Heavy é o tanque do grupo, o cara que se expõe para salvar o amigo que caiu no meio de um monte de inimigos e sabe usar um Boomshot da maneira certa – sem se explodir junto com os inimigos.

O Sniper, como você deve ter imaginado, é o cara que vai atacar de longe para acabar com os alvos mais ameaçadores. Sem falar que entre as habilidades do Sniper está a de causar mais dano com disparos na cabeça.

Porém as classes que parecem mais importantes são intimamente ligadas, os Scouts e Engineers. Isso porque o Engenheiro é o responsável por construir estruturas como turretas, arames, armadilhas, etc... Para fazer isso, o engenheiro precisa de recursos que são deixados por inimigos executados no campo de batalha. E é aí que entra o Scout.

Se você é o Scout, sua missão é matar inimigos e coletar os recursos que eles deixam, por que sua habilidade especial é ganhar o dobro de recurso. Com isso em mente, o Scout deve saber o momento certo de se movimentar e entregar o recurso coletado para o Fabricator. Em nossos testes na Coalition, o time sem Scout e Engineers sempre tinha mais dificuldades de passar por ondas mais avançadas.

Em linhas gerais, um time consegue terminar as 50 ondas sem um Heavy ou Sniper, por exemplo, mas é praticamente impossível chegar ao fim sem ter um Scout e Engineer.

Para ajudar a receber recursos, cada onda possui objetivos extras como matar 5 inimigos com a motosserra ou acabar com a onda em menos de 1 minuto. Esses objetivos são aleatórios e, por isso, é necessário ficar de olho no que é necessário ser feito antes de partir para a briga. Isso adiciona uma camada extra de estratégia que mantém as partidas frescas.

"Gears of War 4" será lançado no dia 11 de outubro para Xbox One e PC.

*O jornalista viajou a convite da Microsoft

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Start