Topo

Paixão por samba brasileiro inspirou música de "Final Fantasy" clássico

Nobuo Uematsu (centro) e Hiroyuki Nakayama (à direita) apresentaram músicas de "Final Fantasy" tocadas no piano em São Paulo - Claudio Prandoni/UOL
Nobuo Uematsu (centro) e Hiroyuki Nakayama (à direita) apresentaram músicas de "Final Fantasy" tocadas no piano em São Paulo Imagem: Claudio Prandoni/UOL

Claudio Prandoni

Do UOL, em São Paulo

03/03/2016 16h48

A série "Final Fantasy" é extremamente popular no Brasil, mas suas temáticas e influências sempre pareceram um tanto quanto distantes do público daqui.

Porém, não é bem assim: a trilha sonora de um dos episódios mais queridos da era 2D da franquia foi influenciado pela paixão de Nobuo Uematsu pela música brasileira.

"Na época, eu era muito fã do samba brasileiro", contou Nobuo Uematsu em rápida resposta ao UOL Jogos após a Piano Opera Final Fantasy, segunda edição da apresentação musical em solo brasileiro (a primeira foi em 2014) e a primeira a contar com participação o lendário compositor japonês.

Lançado em 1991 para Super Nintendo, "Final Fantasy IV" tem uma música que o nome já entrega a inspiração: "Samba de Chocobo", um animado arranjo do tema das icônicas aves amarelas que aparecem ao longo dos games. No caso, "Samba" toca somente ao utilizar um Chocobo preto, uma versão especial e mais difícil de encontrar.

Clique no player abaixo para ouvir a música:

Ao lado do pianista Hiroyuki Nakayama, que interpretou músicas dos episódios um a nove de "Final Fantasy", Uematsu comandou um animado show de cerca de duas horas.

"Apesar de ser um show de música clássica, com um piano, não é para ser uma apresentação séria. Podem gritar e torcer quando tocar alguma música que vocês gostam e traz boas lembranças", pediu Uematsu para o público antes do início do show - que respondeu à altura, batendo palmas a cada trilha tocada ou cena marcante que aparecia no telão no palco.

"Final Fantasy IV" não foi o único flerte de Uematsu e a série de RPG com a música brasileira. Ele se arriscou também na bossa nova no consagrado "Final Fantasy VII", de 1997, com o tema "Costa del Sol". Anos depois, em 2007, ele revisitou o gênero no (bem) menos conhecido "Anata wo Yurusanai", jogo de detetive lançado para o PSP apenas no Japão.

Start