PUBLICIDADE

Topo

Estúdio baiano se inspira em "God of War" para jogo sobre folclore nacional

Versão reimaginada do Saci para o jogo "Guerreiros Folclóricos" - Divulgação
Versão reimaginada do Saci para o jogo "Guerreiros Folclóricos" Imagem: Divulgação

Victor Ferreira

Do UOL, em São Paulo

10/10/2015 15h41

Idealizado há mais de 10 anos, mas em desenvolvimento real por apenas alguns meses, o jogo "Guerreiros Folclóricos", do estúdio baiano Unique Entretenimento Digital, quer atrair o público trazendo versões mais maduras de personagens como o Boto, a Mula Sem Cabeça e o Saci - semelhante ao que a Sony fez com a série "God of War".

"Senti necessário colocar no mercado algo que comente sobre nossa cultura", disse Joe Santos, diretor de arte do jogo. "Há pouco material, pouco conteúdo nesta área".

O game, que está em exposição na Área Indie do Brasil Game Show 2015, se diferencia por usar o motor gráfico Unreal Engine 4 para criar uma experiência tridimensional ao jogador, podendo explorar uma floresta e enfrentar criaturas, tal qual em jogos como "Uncharted" e "God of War".

A versão é bem rudimentar, com bugs e mecânicas faltando, mas já indica os planos dos desenvolvedores em relação ao projeto.

"Queremos trazer este universo que a gente associa principalmente à infância para um público mais atual, tanto jovens como adultos", explica. "E isso está tendo boa repercussão em redes sociais como o Facebook".

Além de "God of War", a Unique também se inspirou no exemplo da CD Projekt e a série "The Witcher", que utiliza fábulas do folclore polonês em sua narrativa.

"Eles levaram esta cultura para o mundo todo, então por que não fazer isso com nossos mitos também?", comentou. "Conhecer outras culturas é interessante, mas a nossa é super rica e tem muitas vertentes de mitologia, e isso estava meio perdido, assim trouxemos alguns personagens menos conhecidos como Mapinguari, Alamoa, o Cambaí - que é bem desconhecido mas tem relação com o mito original do Saci".

Unique Digital - Victor Ferreira - Victor Ferreira
Rodolfo Fernandez, Joe Santos e Inamari Almeida, da Unique Digital Entertainment
Imagem: Victor Ferreira

Mundos e fundos

A Unique foi criada em 2012, na cidade de Salvador e além de produzir jogos também oferece aulas de artes e computação gráfica, com um curso em especial para desenvolvimento de games 2D.

De acordo com Santos, a empresa está em busca de investimento para o projeto, e já chamou a atenção de alguns grandes nomes dentro da indústria - em particular a Sega e a Razer.

Como ainda está em fase inicial de desenvolvimento, a Unique não tem ideia de quando o game será lançado ou suas plataformas.

Para saber mais sobre "Guerreiros Folclóricos", acesse seu site oficial e página no Facebook