PUBLICIDADE

Topo

Elite de "League of Legends" nos EUA ganha sua primeira pro-player mulher

Do UOL, em São Paulo

14/08/2015 18h36

Após uma vitória contra os rivais do Team Coast na noite da última quarta-feira (12), a equipe Renegades tornou-se a primeira a classificar-se para a elite do Circuito Americano de "League of Legends" com uma mulher em sua escalação.

Com seu poderoso Thresh, a suporte Maria "Remilia" Creveling foi destaque nas performances de seu time na etapa classificatória. "Eu quero que as pessoas saibam que eu alcancei meu objetivo, e eu cheguei lá por mim, por meus amigos, e por garotas nos eSports", disse a jovem no Reddit.

Falando com seus fãs no fórum de discussão, "Remilia" explicou que não sabe se dará prosseguimento a sua carreira de pro-player. "Na verdade a competição não significa tanto para mim", disse. "Quando eu comecei, eu queria ser a primeira garota na LCS. Era isso que me motivava. O sonho que eu tive foi alcançado".

Em um desabafo, a jovem ainda queixou-se de "pessoas que tentam diminuir sua conquista", mas sem entrar em detalhes.

No Brasil, Geovana "Revy" Moda foi a primeira pro-player mulher inscrita na elite da liga profissional. No posto de reserva, porém, ela não chegou a disputar nenhuma partida oficial no ano.