Topo

Com "Yo-kai Watch", Nintendo e Level-5 querem recriar sucesso de "Pokémon"

Pedro Henrique Lutti Lippe

Do UOL, em São Paulo

07/04/2015 16h03

Sucesso estrondoso no Japão - só o segundo game da série já ultrapassou a marca das 5 milhões de unidades vendidas por lá desde sua estreia em julho do ano passado -, "Yo-kai Watch" finalmente chegará ao Ocidente em 2016 pelas mãos da Nintendo.

Paralelamente, Hasbro trará os brinquedos da marca, e a Viz Media o mangá. O anime da série também virá, mas ainda não há um nome por trás da tradução do projeto.

Tudo isso faz parte de um plano da desenvolvedora Level-5 para transformar "Yo-kai Watch" no próximo "Pokémon", recriando a trajetória de sucesso que a clássica franquia de monstrinhos traçou a partir do final dos anos 1990.

Assim como "Pokémon", "Yo-kai Watch" tem como protagonista um garoto (ou garota) que deve combater monstros com seu próprio time de criaturas coloridas. No caso, tratam-se de Yo-kai; criaturas sobrenaturais do bem ou maléficas que aparecem no folclore japonês como homólogas ao fantasmas ou demônios ocidentais.

Ao encontrar um relógio que concede o poder de enxergar os Yo-kais, o protagonista decide solucionar os problemas de sua cidade tornando-se amigo de algumas das criaturas, e derrotando outras.

  • Medalhas da linha "Yo-kai Watch" devem ser usadas em conjunto com o relógio

Promovido pela própria Level-5 como uma franquia multimídia, "Yo-kai Watch" popularizou-se por cercar crianças e jovens japoneses por todos os lados. É difícil, por exemplo, andar pelas ruas de Tóquio sem dar de cara com um anúncio da série, ou então escutar a música tema do anime saindo de alguma loja.

Além dos jogos da série, o relógio que o protagonista usa em suas aventuras é tratado como carro-chefe nas campanhas promocionais. Ele deve ser usado em conjunto com medalhas de cada Yo-kai, que tocam músicas ao serem inseridas no acessório - como se as crianças estivessem invocando os Yo-kai.

E NO BRASIL?

  • A Level-5 promete revelar planos específicos para cada país que receberá a série ao longo de 2015, mas garante que ela chegará oficialmente à América Latina - o que inclui o Brasil. Sem a Nintendo por aqui, porém, talvez seja difícil encontrar o game nas lojas...

Um pacote com duas medalhas sortidas é vendido por cerca de US$ 1,75. Sem contar as vendas de jogos, "Yo-kai Watch" já rendeu mais de US$ 1 bilhão para a Level-5.

Lançado no final de 2014, o primeiro longa-metragem da série rendeu US$ 42 milhões em apenas 16 dias, tornando-se a melhor estreia de um filme japonês nas telonas desde 2000.

Ainda é cedo para dizer se a estratégia da Level-5 surtirá efeito no Ocidente. Inconfundivelmente japoneses, os Yo-kai não têm designs tão universais como os Pokémon. Mas é inegável que a empresa está se esforçando para que franquia aconteça fora do Japão, ao ponto de fazer com que o recém-anunciado "Yo-kai Watch 3" se passe inteiramente em uma versão fictícia dos EUA, que também é tomada por espíritos.

ASSISTA AO TRAILER JAPONÊS DE "YO-KAI WATCH 3"

  •  

Mais Start