PUBLICIDADE

Topo

Final do Brasileiro 2015 de "League of Legends" será na arena do Palmeiras

Pedro Henrique Lutti Lippe

Do UOL, em São Paulo

15/01/2015 11h00

A Riot Games revelou nesta quinta-feira (15) que a grande final do Circuito Brasileiro de "League of Legends" em 2015 será realizada em agosto no Allianz Parque, arena do Palmeiras, no dia 1º de agosto, em São Paulo.

Em 2014, a final da competição de eSports levou mais de 6 mil espectadores ao Ginásio do Maracanãzinho, no Rio de Janeiro. Desta vez a expectativa é receber 12 mil pessoas, o dobro do público do ano passado.

2015 também será marcado pelos primeiros eventos oficiais de "LoL" em Florianópolis e Goiânia.

Em entrevista exclusiva ao UOL Jogos, o gerente de eSports da Riot brasileira, Philipe Monteiro, revelou detalhes do novo calendário de competições montado pela empresa, que promete espalhar as disputas ao longo de todo o ano.

"Queremos que as equipes profissionais joguem o ano inteiro para se desenvolver mais rápido e para que os fãs consigam acompanhar a cena com mais facilidade", explica. "Quisemos começar o mais cedo possível, e garantir que até o fim do ano ainda tenhamos atividades".

  • Em 2014, 6 mil espectadores acompanharam a final de "LoL" no Rio ao vivo

"LoL" o ano inteiro

2015 começa oficialmente para as equipes profissionais neste sábado (17) às 14h no horário de Brasília, quando Keyd Stars e paiN Gaming darão início às disputas da primeira rodada do Circuito Brasileiro.

O palco em que as partidas deste fim de semana será realizado é uma das grandes novidades da Riot para a temporada. "Todas as disputas serão transmitidas ao vivo a partir de um estúdio, onde os jogadores ficarão frente a frente", diz Philipe. "Os fãs pediram muito por isso, que ajudará a profissionalizar ainda mais as competições".

A partir de 2015, o Circuito Brasileiro será dividido em duas etapas. A primeira metade do torneio culminará com uma final em Florianópolis, que será realizada em abril.

A equipe que sagrar-se vencedora ganhará vaga para um torneio internacional inédito que acontecerá em Istambul, na Turquia, e reunirá equipes das "regiões emergentes" - Brasil, América Latina, Rússia, Turquia, Oceania, Japão e sudeste asiático.

Já a segunda metade terá a final em agosto no Allianz Parque, em São Paulo. Como foi em 2014, a equipe que levar o título do Brasileiro enfrentará um rival da América Latina pelo direito de participar do Mundial, que deve acontecer em outubro.

Depois do Mundial, o calendário brasileiro ainda continua. "No fim de novembro, teremos um evento menos sério, que servirá para celebrarmos a temporada e tudo o que aconteceu ao longo do ano. As melhores equipes vão se reunir em Goiânia para se enfrentarem novamente", revela Philipe.

RELEMBRE A FINAL DO BRASILEIRO DE "LOL" EM 2014

Os desafiantes

Paralelamente ao Circuito Brasileiro, a Riot organizará com a ajuda de algumas empresas parceiras o Circuito Desafiante - uma espécie de segunda divisão, que, aliás, já está em curso desde a semana passada.

"Essa iniciativa serve para abrigar equipes novas e iniciantes do cenário", conta Philipe. "O cenário está se desenvolvendo muito rápido, então essa competição paralela é importante para dar oportunidade às equipes que vão surgindo. Quando elas estiverem prontas, elas também poderão competir com os grandes".

Vencedores da primeira metade do Circuito Desafiante terão a chance de conseguir vagas para disputar a divisão primária a partir de maio.

Para Roberto Iervolino, gerente geral da Riot Games no Brasil, as mudanças no cenário competitivo de "LoL" em 2015 servem para profissionalizá-lo. "Nossa expectativa para o ano é transformar o eSport em uma forma de entretenimento institucionalizada, para que tanto fãs de games e outros que não conhecem a modalidade possam ver com facilidade o potencial desse mercado", diz.

RIOT EXPLICA NOVIDADES DA TEMPORADA EM VÍDEO