PUBLICIDADE

Topo

Universidades americanas oferecem bolsas de estudo para jogadores de "LoL"

Do UOL, em São Paulo

07/01/2015 16h03

A Universidade de Pikeville, no Kentucky, passará a oferecer bolsas de estudo para bons jogadores de "League of Legends" a partir do próximo ano letivo.

As bolsas serão distribuídas para 20 dos mais talentosos fãs do MOBA, que serão tratados como os "atletas estudantes" que entram para instituições de ensino superior através de suas habilidades em esportes tradicionais.

"As mesmas características que descrevem um bom jogador de 'LoL' e de eSports em geral são as que descrevem um bom estudante", disse à WYMT TV Bruce Parsons, diretor de novas mídias da Universidade.

"[Os alunos] seguirão um regime parecido com o de atletas tradicionais. Eles precisarão manter suas notas acima de um certo nível, mas eles também terão tempo para treinar e estudar as capacidades de seus concorrentes", explicou.

Os jogadores irão competir na Collegiate StarLeague, a liga de eSports para estudantes americanos, da qual outras 230 instituições já participam.

A Universidade de Pikeville é a segunda a oferecer bolsas integrais para jogadores de "LoL". A Universidade Robert Morris, de Chicago, já o faz desde 2014.

Em 2013, os EUA passaram a emitir vistos permanentes de estadia no país para pro-players do game, assim como eles já faziam com atletas de esportes tradicionais.