Topo

Conheça os shooters que disputam o trono de "Call of Duty"

Pedro Henrique Lutti Lippe

do Gamehall

10/07/2013 12h18

Antes de "Call of Duty", havia "Halo". Antes de "Halo", "Counter-Strike". E por aí vai.

Desde o início dos anos 1990, shooters em primeira pessoa têm um lugar importante no centro da indústria. Milhões e mais milhões de cópias de jogos de tiro são vendidas todos os anos. E dentre os lançamentos é sempre possível identificar um grande destaque, que pode ser descrito como 'a cara do gênero'.

"Call of Duty 4: Modern Warfare" marcou a ascenção da série da Activision ao desejado posto, e mesmo hoje, seis anos depois, "Black Ops II" ainda renova a posição da marca no topo do gênero, quebrando vários recordes de vendas.

Mas os tempos mudam, e da mesma forma que "Call of Duty" roubou a coroa de "Halo", uma outra série pode assumir seu lugar a qualquer momento. Isso não aconteceu até agora, mas a chegada de uma nova geração tem o potencial de mudar completamente o cenário. "Ghosts" está a caminho, mas outros fortes concorrentes também preparam suas armas para entrar na arena.

Qual será o game que você escolherá para saciar sua vontade de um bom shooter a partir do fim do ano?

  • Campanha de "Ghosts" terá 'soldado cachorro' como um dos protagonistas.

CALL OF DUTY: GHOSTS

Produtora: Activision
Desenvolvedora: Infinity Ward
Lançamento: 5/11/2013
Plataformas: PS4, PS3, XBO, X360, Wii U, PC

Um "Call of Duty" novo por ano já é tradição. Mas, diferente de seus predecessores, "Ghosts" promete fazer uma pequena revolução no conceito do que é um jogo da série.

O multiplayer do game terá pela primeiras vez soldados personalizáveis, mapas dinâmicos, e até mesmo novos comandos, como as possibilidades de escorregar após uma corrida e inclinar-se na beira de uma parede. Essas mudanças deverão diferenciar o título de seus antecessores sem com que o ritmo acelerado da experiência conhecido por fãs seja alterado.

Como sempre, "Ghosts" terá uma separação clara entre campanha e multiplayer. Sua trama terá como cenário um mundo em que os EUA não são mais considerados uma superpotência e soldados de todas as divisões das Forças Armadas do país precisam unir-se para combater  um novo oponente misterioso.

VÍDEO MOSTRA O NOVO "CALL OF DUTY" EM AÇÃO

  •  

  • Maiores cenários completamente destrutíveis da série aparecerão em "Battlefield 4".

BATTLEFIELD 4

Produtora: Electronic Arts
Desenvolvedora: DICE
Lançamento: 29/10/2013
Plataformas: PS4, PS3, XBO, X360, PC

Sempre no encalço de "Call of Duty", a série de shooters de maior sucesso da Electronic Arts continuará sua caçada na nova geração. A proposta de "Battlefield 4" é a de incrementar as experiências vistas em seu predecessor com gráficos mais avançados do que nunca.

A volta do 'Commander Mode' de "Battlefield 2142", que dá ao jogador uma visão estratégica do mapa do campo de batalha e a possibilidade de coordenar os esforços de seus companheiros, é uma das novidades do multiplayer, que terá cenários inteiros construídos em torno da dinamicidade.

No novo game, jogadores ganharão as habilidades de revidar investidas com facas, atirar enquanto nadam e até mesmo mergulhar para evitar os olhos inimigos. Pelo que a EA indica, "Battlefield 4" oferecerá o mesmo tipo de conteúdo de "Battlefield 3" – mas maior do que nunca.

MULTIPLAYER DE "BATTLEFIELD 4" APARECE EM VÍDEO

  •  

  • Heróis de "Titanfall" serão soldados extremamente ágeis.

TITANFALL

Produtora: Electronic Arts
Desenvolvedora: Respawn Entertainment
Lançamento: 2014
Plataformas: XBO, X360, PC

Um dos novos desafiantes no campo dos shooters é "Titanfall", da Respawn Entertainment – estúdio criado pelas principais mentes por trás da concepção de "Call of Duty". Abraçando temas de ficção científica, o jogo parece ter o mesmo foco na ação acelerada da série de shooters militares da Activision, mas com algumas grandes diferenças.

Mais ágeis, os personagens jogáveis do título são chamados 'pilotos'. Eles conseguem realizar manobras acrobáticas como correr pelas paredes que verticalizam os combates, e ganham o título que têm por serem capazes de pilotar enormes robôs humanoides chamados 'Titans' durante enfrentamentos.

Mesmo sendo exclusivamente multiplayer, "Titanfall" terá alguns elementos próprios de um game para uma única pessoa embutidos em sua jogabilidade, como uma trama, cutscenes e até mesmo personagens controlados pelo computador.

ROBÔS GIGANTES SÃO O DESTAQUE EM "TITANFALL"

  •  

  • Humanidade deverá lutar para escapar da extinção em "Destiny".

DESTINY

Produtora: Activision
Desenvolvedora: Bungie
Lançamento: 2014
Plataformas: PS4, PS3, XBO, X360

"Destiny", por sua vez, é o novo projeto dos criadores de "Halo". Tendo como cenário um universo pós-apocalíptico em que alienígenas são oponentes que empurraram a humanidade à quase extinção, o jogo apresenta-se como o mais ambicioso dessa nova leva de shooters.

No papel de um 'Guardião da Cidade', os protetores da humanidade, jogadores deverão explorar livremente as áreas desse 'shooter de mundo compartilhado', conforme descrito pelo estúdio Bungie. Nele, mesmo quando estiverem jogando sozinhos, os fãs poderão deparar-se com outros usuários ou até mesmo eventos online repentinos remanescentes de MMOs.

Pontos de experiência, níveis e até mesmo 'loot' serão outros elementos herdados dos RPGs online que estarão presentes em "Destiny", que parece expandir os conceitos de "Borderlands" a um nível ainda não pensado pela Gearbox Software.

APRESENTAÇÂO DE "DESTINY" MOSTRA TIROTEIOS NO GAME

  •  

  • 9947
  • view
  • pos
  •  
  • {pos_view: UOLLib.Custom.Enquete.pos_view, pos_markup: UOLLib.Custom.Enquete.pos_markup, pos_markup_vote : UOLLib.Custom.Enquete.pos_markup_vote, pos_markup_view : UOLLib.Custom.Enquete.pos_markup_view }

Mais Start