PUBLICIDADE
Topo

Morre o cantor e diretor italiano Paolo Pietrangeli, autor de 'Contessa'

Paolo Pietrangeli - The Koztimes
Paolo Pietrangeli Imagem: The Koztimes

22/11/2021 12h48Atualizada em 22/11/2021 12h48

ROMA, 22 NOV (ANSA) - Morreu nesta segunda-feira (22), aos 76 anos de idade, o cantor, compositor e diretor italiano Paolo Pietrangeli, autor da música "Contessa", símbolo dos protestos de 1968 no país.

A causa do falecimento não foi divulgada. Nascido em Roma em 29 de abril de 1945, Pietrangeli começou a escrever canções nos anos 1960, tornando-se rapidamente um ícone da música popular italiana.

Sua criação mais famosa, "Contessa", foi escrita em 1966, durante uma ocupação na Universidade La Sapienza, na capital italiana, e se alterna entre um diálogo entre duas pessoas da alta burguesia -- incluindo a condessa do título -- sobre uma greve em uma fábrica e estrofes nas quais operários incitam uma revolução.

Seu refrão virou slogan das manifestações estudantis que tomaram o país em 1968 e diz: "Compagni dai campi e dalle officine / prendete la falce, portate il martello / scendete giù in piazza, picchiate con quello / scendete giù in piazza, affossate il sistema".

Em português: "Camaradas dos campos e das fábricas / peguem a foice, tragam o martelo / desçam para a praça e batam com aquilo / desçam para a praça e enterrem o sistema".

Após o sucesso com "Contessa", Pietrangeli continuou trabalhando como cantor e compositor, mas passou a se dedicar também às carreiras de cineasta e diretor de TV. Seu encargo mais longevo foi como diretor do "Maurizio Costanzo Show", talk show mais antigo da televisão italiana, entre 1982 e 2001. (ANSA).