PUBLICIDADE
Topo

Almodóvar e chileno Larraín entre os diretores em competição no Festival de Veneza

26/07/2021 12h02

Roma, 26 Jul 2021 (AFP) - Várias figuras do cinema, entre elas o espanhol Pedro Almodóvar, a neozelandesa Jane Campion, o italiano Paolo Sorrentino e o chileno Pablo Larraín, competirão na seção oficial da 78ª edição do Festival de Cinema de Veneza, de 1º a 11 de setembro - informaram os organizadores nesta segunda-feira (26).

No total, 21 filmes foram selecionados para competir pelo prestigioso Leão de Ouro, entre eles vários cineastas reconhecidos, uma edição que se apresenta particularmente interessante e rica.

A seção oficial contará com diretores da estatura de Almodóvar, que abre a competição com "Mães paralelas", o relato de várias mulheres, com o qual ele aborda um de seus temas favoritos: maternidade e família.

Também foi convidado ao concurso, para apresentar sua última obra, o ganhador do Oscar italiano Paolo Sorrentino, com seu filme "Foi a mão de Deus" (tradução livre), gravado em sua cidade natal Nápoles. Nele, explica sua relação com o futebol, com seu ídolo Maradona, e como ele salvou sua vida.

Após mais de dez anos de seu último filme, a premiada Jane Campion ("O Piano", 1993) volta a competir com o filme "The Power of the Dog", inspirado na novela de mesmo nome de Thomas Savage, sobre uma guerra entre irmãos.

- América Latina, convidada especial -Será uma edição especial, que confirma também o excelente estado do cinema da América Latina, com quatro filmes na competição oficial e três na seção Horizons, a mais experimental, berço de futuros grandes nomes da sétima arte.

Premiado em 2015 com o Leão de Ouro com seu filme "Desde Allá", o venezuelano Lorenzo Vigas volta a competir em Veneza com "La caja".

Outro retorno a Veneza é o do chileno Pablo Larraín, aclamado há seis anos pelo seu inquietante filme sobre os mecanismos para encobrir os padres pedófilos em "O Clube".

Este ano compete com "Spencer", dedicado ao fim de semana em que Diana de Gales, interpretada por Kristen Stewart, decidiu se divorciar do príncipe Charles, herdeiro da coroa da Inglaterra.

O brilhante casal argentino Gastón Duprat e Mariano Cohn volta pela terceira vez ao Festival com o filme "Competição Oficial", protagonizado por Penélope Cruz e Antonio Banderas.

Outra presença notável será a do cineasta mexicano Michel Franco, que depois de ter impactado no ano passado com seu filme "Nova ordem", volta a Veneza com "Sundown".

"A qualidade média dos filmes está mais alta que o normal", confessou o diretor do Festival, Alberto Barbera.

"É como se a pandemia tivesse estimulado a criatividade", acrescentou.

O cineasta sul-coreano Bong Joon-ho, aclamado com o Oscar pelo seu genial "Parasita", será o presidente do júri, enquanto a atriz americana Jamie Lee Curtis receberá o Leão de Ouro por sua carreira e o italiano Roberto Benigni o Leão de Ouro da Trajetória.

kv/pc/aa/tt