PUBLICIDADE
Topo

Atriz pornô que vai se filiar ao PT é casada e já protestou contra política

De Splash, em São Paulo

26/05/2022 11h43

Ester Caroline Pessatto, que obteve hoje uma liminar na Justiça Eleitoral de Mato Grosso que determina sua filiação ao PT, planeja disputar uma vaga de deputada estadual.

Atriz pornô, ela é conhecida como "Tigresa VIP", tem 1,5 milhões de seguidores no YouTube, é casada e já trabalhou vendendo iscas vivas para pesca.

Saiba mais sobre a "Tigresa VIP":

Infância humilde

Nascida na cidade de Carlinda, no Mato Grosso, Ester começou a trabalhar com nove anos de idade, vendendo na rua os ovos das galinhas que a avó criava. Ela também já colheu castanhas e foi manicure antes de vender iscas vivas e iniciar sua carreira como atriz pornô.

Nome artístico

Em entrevista ao podcast Explodidamente, Ester contou a origem de seu nome artístico. O apelido foi criado porque ela e o marido, que também trabalharam vendendo iscas vivas para pesca, usavam um rádio de caminhoneiros e precisavam de codinomes — o chamado termo "QRA".

"A gente mexia com isca, e tínhamos o rádio dos caminhoneiros no carro. Lá todo mundo tem o QRA, que é o apelido. Eu fiquei pensando e veio 'Tigresa VIP'", contou.

Vendedora de iscas

Apesar de atualmente a produção de conteúdo adulto ser a principal fonte de renda de sua casa, Ester trabalhou anos como vendedora de iscas vivas para pesca — o negócio ficou parado durante a pandemia do coronavírus.

Ela manteve uma loja com o marido e também fez a divulgação do negócio em seu canal no YouTube. Ester contou até que seus vídeos fizeram as vendas aumentarem.

Casamento

Ester é casada com Michael Pessatto. Ela, inclusive, tem tatuado o nome do marido no peito — como se fosse um colar. A tatuagem foi feita quando ela tinha 19 anos.

Sobre o relacionamento, também no podcast Explodidamente, ela afirmou que ambos gostam de se relacionar com outras pessoas e que não existe ciúmes no casamento.

"É tranquilo, na verdade, somos um casal 'swingueiro'. A gente sempre gostou dessas brincadeiras a três, a quatro. Quando eu vou gravar com outro homem, é ele que grava, eu também filmo ele, e é muito tranquilo", disse.

Falas contra políticos

As falas de cunho político de Ester não são recentes. Em seu canal no YouTube, há vídeos publicados há pelo menos seis anos com protestos contra política, governantes e corrupção.

"Tem muita gente que me pergunta se eu não tenho vergonha de tirar foto pelada e mostrar o meu corpo, e eu respondo que não, sabe por que? Porque eu estou mostrando o que é meu. Eu teria vergonha se eu fosse um desses políticos que rouba dinheiro de merenda escolar, rouba dinheiro da saúde", disse em um vídeo.

Em outro, com mais de 270 mil visualizações, ela aparece protestando em uma rodovia do Mato Grosso.

"Olha a rodovia que a gente tem aqui no Mato Grosso. Enquanto isso, o nosso governador está gastando milhões em publicidade", afirmou.

PT

Ester já havia se filiado ao PT no diretório municipal de Barão de Melgaço, a 110 km de Cuiabá. Inicialmente, segundo os advogados, Ester teve a filiação confirmada em 2 de abril, e no dia 14, a sua pré-candidatura foi anunciada em evento do partido, na capital Cuiabá.

Ainda no podcast Explodidamente, ela afirmou que sempre defendeu o Partido dos Trabalhadores porque é o que ela mais tem identificação no país.

"Eu sempre defendi o PT porque é um partido que eu sempre acreditei, o Lula é meu ídolo, eu já fui sem-terra", contou.