PUBLICIDADE
Topo

Demi Moore posta foto ao lado do ex Bruce Willis e atual mulher comenta

O astro Bruce Willis foi marido de Demi Moore por 13 anos, de 1987 a 2000 - Reprodução/Instagram
O astro Bruce Willis foi marido de Demi Moore por 13 anos, de 1987 a 2000 Imagem: Reprodução/Instagram

Colaboração para Splash, em São Paulo

17/05/2022 19h26

A atriz Demi Moore, de 59 anos, publicou uma foto antiga em que aparece ao lado do ex-marido Bruce Willis, 67, no Festival de Cannes, em 1997, quando ainda eram casados. A atual mulher do ator, Emma Heming Willis, 43, então, decidiu deixar um comentário na foto.

"Dos arquivos de Cannes, em 1997", escreveu a atriz, na legenda da imagem. "Ah meu coração. Lindo", comentou Emma.

A publicação acontece no dia em que começa a 75ª edição do Festival de Cinema de Cannes.

O astro de Hollywood foi marido de Demi Moore por 13 anos, de 1987 a 2000. Os dois tiveram três filhas: Rumer Glenn (1988), Scout Larue (1991) e Tallulah Belle (1994) e, mesmo depois da separação, continuaram amigos.

Em março desse ano, os fãs foram pegos de surpresa com a informação de que o ator fará uma pausa na carreira após ser diagnosticado com afasia, doença que afeta a comunicação.

"Para os maravilhosos fãs de Bruce, como família, nós gostaríamos de compartilhar que nosso amado Bruce está passando por alguns problemas de saúde e recentemente foi diagnosticado com afasia, o que está afetando suas habilidades cognitivas. Como resultado disso e com muita consideração, Bruce está se afastando da carreira que significou tanto para ele", dizia a publicação no Instagram.

Afasia

Segundo artigo do Hospital Albert Einstein, o distúrbio altera a capacidade dos pacientes de se comunicar de forma adequada e pode afetar as seguintes funções: capacidade de falar ou se expressar verbalmente; compreensão da linguagem verbal; compreensão da linguagem escrita (leitura) e a capacidade de escrever.

Entre as causas da afasia estão várias doenças neurológicas, como o AVC (Acidente Vascular Cerebral). O distúrbio também pode se instalar de forma gradual se relacionado a tumores cerebrais ou a doenças degenerativas como o Alzheimer.