PUBLICIDADE
Topo

Elon Musk e James Franco não irão mais testemunhar a favor de Amber Heard

Elon Musk - Patrick Pleul/Pool via REUTERS
Elon Musk Imagem: Patrick Pleul/Pool via REUTERS

Colaboração para Splash, em São Paulo

29/04/2022 20h27Atualizada em 29/04/2022 20h55

O julgamento do caso de abuso de Johnny Depp e Amber Heard tem novos desdobramentos.

De acordo com fontes do site 'Daily Mail', o time de advogados de defesa de Amber Heard listou Elon Musk e James Franco como possíveis testemunhas para ajudar no caso, dizendo que eles poderiam fazer suas participações via link ao vivo. Porém, segundo fontes, nenhum dos dois irá mais testemunhar a favor da atriz. Os representantes de Musk e Franco não deram as razões pelas quais eles não participarão do julgamento na próxima semana.

Amber e Elon tiveram um breve relacionamento logo após a separação da atriz, de maio a agosto de 2016. O nome do bilionário já foi citado algumas vezes na Corte, com testemunhas afirmando que a atriz nunca gostou do empresário. Já James Franco seria um dos amigos próximos de Heard e ouviu desabafos dela sobre sue relacionamento com Johnny. Alguns dizem que Franco e Heard tiveram um envolvimento romântico, mas não foi confirmado.

Johnny deu seu depoimento ao longo da semana, o que gerou muitos comentários sobre as revelações feitas pelo ator na Internet. O ex-agente de Depp mostrou e-mails de Heard desabafando sobre sua relação com o fundador da Tesla, dizendo que não o amou. Amber e suas testemunhas serão ouvidas essa semana.