PUBLICIDADE
Topo

Morre Robert Durst, milionário que revelou assassinato de amiga na TV

O empresário Robert Durst comparece a corte criminal durante julgamento de invasão de propriedade, em Nova York - Mike Segar/Reuters
O empresário Robert Durst comparece a corte criminal durante julgamento de invasão de propriedade, em Nova York Imagem: Mike Segar/Reuters

De Splash, em São Paulo

10/01/2022 16h07Atualizada em 10/01/2022 16h21

Robert Durst, milionário condenado pelo assassinato de sua melhor amiga, Susan Berman, e tema da série documental da HBO "The Jinx", morreu hoje aos 78 anos. Ele estava preso em Stockton, na Califórnia.

Segundo a "Variety", Durst estava doente desde que pegou covid em 2020. Ele morreu no Hospital Geral de San Joaquin.

Ao final de "The Jinx", aparentemente sem saber que um microfone em sua roupa ainda seguia ligado quando ele interrompeu a gravação para ir ao banheiro, Durst murmurou para si mesmo: "Pronto, te pegaram" e "Matei todos eles, claro".

Em setembro do ano passado ele foi considerado culpado pelo crime que aconteceu em 2000. O magnata quis impedir Berman de falar com a polícia sobre o desaparecimento da própria mulher.

Formado na Lehigh University, na Pensilvânia (EUA), Durst fez parte de uma das famílias mais ricas das poderosas dinastias imobiliárias de Nova York.

Ele era filho de Seymour Durst e irmão do desenvolvedor comercial Douglas Durst. Apesar disso, cortou os laços com a família e com suas empresas em 2006.

De acordo com o tabloide britânico "The Sun", o patrimônio de Durst é avaliado em US$ 65 milhões (aproximadamente R$ 356 milhões).

Até o lançamento da série "The Jinx", ele havia evitado a mídia e vivido recluso. A morte de Berman não foi a primeira em que Durst enfrentou um julgamento. Em 2003, ele disse à polícia que matou e esquartejou um vizinho em Galveston, no Texas, dois anos antes.

Na ocasião, o magnata afirmou ter atirado no homem e o cortado. Os promotores disseram que ele queria roubar a identidade do homem e escapar da investigação sobre o desaparecimento de sua esposa.

Ainda no ano passado, ele se tornou suspeito pelo misterioso desaparecimento de sua primeira esposa, Kathleen McCormack Durst, em 1982.

Kathie Durst tinha 29 anos quando desapareceu em 31 de janeiro de 1982. Seu corpo nunca foi encontrado e, a pedido da família, ela foi declarada legalmente morta em 2017. Robert Durst se divorciou de Kathie em 1990, alegando abandono.