PUBLICIDADE
Topo

'Dei carros para ela': homem que sofreu golpe não sabia quem era Ambrosio

A modelo Alessandra Ambrosio teve sua foto utilizada por um golpe virtual que durou 15 anos - Reprodução/Instagram
A modelo Alessandra Ambrosio teve sua foto utilizada por um golpe virtual que durou 15 anos Imagem: Reprodução/Instagram

Colaboração para Splash, em São Paulo

28/11/2021 20h27

Roberto Cazzaniga, o jogador de vôlei italiano que foi enganado por uma mulher com quem manteve um relacionamento por 15 anos e que se passava pela modelo brasileira Alessandra Ambrósio, deu uma entrevista ao "Domingo Espetacular" (RecordTV). Ele disse que não sabia quem era a brasileira e deu detalhes sobre o dinheiro que gastou com Valeria Satta, verdadeiro nome da italiana acusada de estelionato.

Valeria usava o pseudônimo de "Maya" e dizia que o fazia por discrição, pois, na verdade, era uma modelo famosa. Posteriormente, ela revelou que seria Alessandra.

Roberto Cazzaniga, jogador de vôlei que caiu em golpe de mulher que se passava por Alessandra Ambrósio - Reprodução/RecordTV - Reprodução/RecordTV
Roberto Cazzaniga, jogador de vôlei que caiu em golpe de mulher que se passava por Alessandra Ambrósio
Imagem: Reprodução/RecordTV

"Eu, sinceramente, não sabia quem era. Nem que era uma modelo. Quando ela me disse que era Alessandra Ambrósio, eu acreditei", contou Roberto. A mulher pedia doações ao atleta dizendo que sofria com problemas de saúde e alegava que seu dinheiro estava bloqueado em aplicações financeiras.

"Se eu tinha 20 euros no bolso, eu deixava de ir ao mercado para dar a ela. Eu chorava por ela estar doente, não conseguia nem dormir. Comprei dois carros, sendo que o outro [comprei] porque ela deu o carro a um amigo que precisava", disse o jogador.

Roberto mostrou ainda comprovantes de transferências bancárias que somam 700 mil euros enviados à golpista. De acordo com vizinhos de Valeria, ela teria reformado sua casa com as quantias que recebia.

O atleta ainda afirmou que não teve nenhum outro relacionamento em 15 anos e se manteve fiel à falsa Alessandra Ambrósio, mesmo nunca a tendo visto. "Ela dizia que era minha namorada. Se eu estava com ela, deveria respeitá-la".

"Claro que eu fico triste de não estar com ela, porque ela é muito bonita. Mas quem saiba nasce uma amizade entre nós", sorriu Roberto. A modelo não quis comentar o caso para a Record.

Por fim, ele declarou: "É muito difícil [viver um relacionamento de verdade]. Acredito pouco no amor, preciso superar um trauma de 15 anos".