PUBLICIDADE
Topo

Repórter Veruska Donato deixa a Globo após 21 anos: 'Ódio mexeu comigo'

A repórter Veruska Donato com a equipe de reportagem da Globo - Reprodução
A repórter Veruska Donato com a equipe de reportagem da Globo Imagem: Reprodução

De Splash, em São Paulo

03/11/2021 15h52

A repórter Veruska Donato, 44, anunciou hoje que está deixando a Globo após 21 anos. Em um longo texto no Instagram, ela se despediu da emissora e afirmou que quer voltar para a sua casa, onde foi criada, em Campo Grande (MS).

Segundo a jornalista, o ódio que recebeu após postar uma foto com o padre Julio Lancellotti mexeu com ela. Por isso, decidiu seguir o coração e tentar encontrar a paz.

Há dois meses postei no Instagram uma foto e um elogio ao padre Julio Lancelotti e o trabalho que ele faz na cracolândia, recebi dezenas de ofensas e xingamentos, alguns apaguei. Eu já criei uma couraça em relação às redes sociais, mas o padre? Ah, não. O padre Julio é símbolo de afeto, é puro amor. Esse ódio mexeu comigo.

"Onde mora a sua paz? Volto pra casa, volto pra Campo Grande, a cidade onde nasci, cresci, me formei e deixei sem me despedir direito, encantada que estava com a possibilidade de trabalhar em Brasília", acrescentou.

"É a vida cobrando o que é valioso. Precisei fazer escolhas. Deixo vocês e deixo a Globo, e para São Paulo que me acolheu com tanto amor deixo meu bem mais caro."

Veruska, ainda contou que a filha, Carolina, de 17 anos, fruto do relacionamento com o também repórter Gudryan Neufert, segue em São Paulo para estudar.

A jornalista começou como estagiária na Globo, em 2000. Foi apresentadora do bloco paulista do "Jornal das Dez" até se fixar como repórter. De 2012 a 2016 ficou como comandante do bloco Sala de Emprego, do "Jornal Hoje".

Em 2019, Veruska passou um susto ao ver a porta do Globocop se abrir. Já em setembro agora, ela chorou ao vivo ao ver um homem com fome. "De doer o coração", ela disse durante reportagem no "SP1".