PUBLICIDADE
Topo

RJ cria Dia do Humor em homenagem a Paulo Gustavo: 'Banido o mau humor'

Paulo Gustavo morreu em maio aos 42 anos, após contrair covid-19 - Reprodução/Instagram @marceloadnet0
Paulo Gustavo morreu em maio aos 42 anos, após contrair covid-19 Imagem: Reprodução/Instagram @marceloadnet0

De Splash, em São Paulo

26/10/2021 14h44

Depois de virar nome de rua em Niterói (RJ), Paulo Gustavo foi homenageado com uma data comemorativa no estado do Rio de Janeiro. A partir de hoje, o dia 30 de outubro é o "Dia Estadual do Humor".

A data foi estabelecida por lei aprovada na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) e sancionada pelo governador Cláudio Castro (PL). O texto determina: "Fica banido o mau humor, a partir da publicação da presente Lei, especialmente, na data de que trata o artigo 1º [30 de outubro]".

A lei também determina que, na data, os deputados estaduais deverão fazer uma sessão solene em homenagem aos artistas que vivem do humor. O projeto de lei é do deputado estadual André Ceciliano (PT), presidente da casa. Ele relembra a frase de Paulo Gustavo: "Rir é um ato de resistência".

"Nosso objetivo é eternizá-lo no calendário oficial do Estado do Rio de Janeiro e promover uma celebração ao ato de fazer rir, reconhecendo a importância que a comédia tem na vida dos cidadãos fluminenses e a sua potência para transformar o mundo e as pessoas para melhor. Paulo conseguia, por meio do riso, levar uma mensagem de tolerância e respeito", afirma Ceciliano.

Paulo Gustavo morreu no dia 4 de maio deste ano, por complicações da covid-19.