PUBLICIDADE
Topo

O que esperamos do livro do Príncipe Harry: de mágoas à briga com William

Príncipe Harry e a mulher, Meghan Markle: atritos com a família real britânica
Príncipe Harry e a mulher, Meghan Markle: atritos com a família real britânica

Gabriel Nanbu

De Splash, em Santos

21/07/2021 04h00

O príncipe Harry, 36, foi responsável por novos sustos e sobressaltos na família real britânica ao anunciar o lançamento de uma autobiografia.

O potencial livro-bomba sairá no fim de 2022 pela prestigiosa editora Random House e, de acordo com o Duque de Sussex, será uma narrativa "precisa e totalmente verdadeira" de sua vida.

Continua depois da publicidade
Reprodução/Facebook/The Royal Family - Reprodução/Facebook/The Royal Family
O príncipe Harry serviu em missão no Afeganistão
Imagem: Reprodução/Facebook/The Royal Family

A autobiografia deve abordar a infância de Harry sob os olhos da mídia, sua ida ao Afeganistão, o início do relacionamento com Meghan Markle e o nascimento dos filhos, Archie, 2 anos, e Lilibet, 1 mês.

Mas o que o povo quer mesmo saber é dos bastidores do distanciamento de Harry da família real.

Não estou escrevendo isso como o príncipe que nasci, mas como o homem que me tornei.
Harry, no anúncio da autobiografia
Harpo Productions/Joe Pugliese - Harpo Productions/Joe Pugliese
Harry e Meghan em entrevista a Oprah Winfrey
Imagem: Harpo Productions/Joe Pugliese

Entrevista a Oprah

Recentemente, Harry e Meghan abriram os corações e as bocas reais em entrevista a Oprah Winfrey. Meghan contou que um integrante da realeza se preocupou com o tom de pele de Archie antes de ele nascer. Harry, por sua vez, disse que cortou relações com o pai, Charles.

Continua depois da publicidade

Mas ainda pairam no ar questões que, com sorte, podem ser respondidas no livro do duque.

Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Príncipe Harry e o filho, Archie
Imagem: Reprodução/Instagram

Comentários racistas

Uma das alegações mais fortes na entrevista a Oprah foi justamente a de que um integrante da família real teria questionado "quão escura" seria a pele de Archie quando nascesse.

A apresentadora teve de esclarecer depois, em meio ao ultraje do público, que o comentário não foi feito nem pela rainha Elizabeth nem pelo príncipe Philip, avós da criança. Harry e Meghan não esclareceram quem seria essa pessoa.

E há muita gente pedindo que a identidade seja revelada no livro.

Dominic Lipinski - WPA Pool/Getty Images - Dominic Lipinski - WPA Pool/Getty Images
William e Harry têm relações estremecidas antes do casamento de Harry
Imagem: Dominic Lipinski - WPA Pool/Getty Images
Continua depois da publicidade

Briga com William

O desentendimento entre Harry e William é alvo de especulação há um bom tempo, mas os irmãos nunca chegaram a dizer exatamente o que se passou. A Oprah, Harry se limitou a dizer que eles seguem "caminhos diferentes".

A gente passou juntos pelo inferno, temos uma experiência dividida, mas estamos em caminhos diferentes.

William teria ficado chateado com a mudança do irmão para os EUA, em 2020, e furioso com a entrevista à apresentadora norte-americana. Seria ótimo uma olhada mais profunda nesse relacionamento.

Reprodução/Twitter - Reprodução/Twitter
Príncipe Charles com Harry e o neto, Archie
Imagem: Reprodução/Twitter

Críticas a Charles

Também na entrevista a Oprah, Harry disse que, apesar de amar muito o pai, sua relação com ele estava "cortada" desde que se mudou com a família para os Estados Unidos.

Continua depois da publicidade

O duque se ressente do fato de que, apesar de o pai ter sofrido com a criação que teve —com a educação que recebeu da rainha Elizabeth e do príncipe Philip—, acabou causando o mesmo "sofrimento" a seus filhos.

Ele me tratou como era tratado. [...] Eu quero quebrar esse ciclo como pai dos meus filhos.

Em sua obra, o Duque de Sussex terá a oportunidade de avaliar a paternidade de Charles e explicar exatamente o que lhe incomodou em sua criação.

Imagem: Reprodução/Instagram - Imagem: Reprodução/Instagram
Meghan Markle foi acusada de praticar bullying com empregados
Imagem: Imagem: Reprodução/Instagram

Meghan e maus tratos a empregados

Também é esperado que Harry aborde as alegações, publicadas pelo jornal The Times, de que Meghan teria maltratado funcionários do Palácio de Kensington.

Continua depois da publicidade

De acordo com o artigo, o então secretário de comunicação do palácio, Jason Knauf, fez uma reclamação oficial em 2018 depois de saber que ela teria praticado bullying com três funcionários e os colocado sob "uma pressão insuportável".

O livro é uma oportunidade para Harry esclarecer as acusações contra a mulher.

Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Diana com os filhos, Harry e William
Imagem: Reprodução/Instagram

Diana e a realeza

Harry já expôs o trauma que foi a morte da mãe, quando tinha 12 anos. Admitiu que recorreu ao álcool e às drogas para lidar com a perda e disse ter medo de que Meghan acabasse da mesma forma que Diana, perseguida pela mídia sensacionalista e morta.

Ele nunca falou muito sobre a relação da mãe com a família real, também marcada por atritos. Ao falar do livro, o duque cita "as perdas que o ajudaram em seu crescimento", e esperamos portanto uma boa quantidade de páginas dedicada à Princesa do Povo.