PUBLICIDADE
Topo

Ex-vocal do Blink-182 diz que ajudou Casa Branca com informações sobre ETs

O ex-Blink 182 Tom DeLonge
O ex-Blink 182 Tom DeLonge
Reprodução/Facebook

De Splash, em São Paulo

18/09/2020 23h34

O ex-vocalista do Blink-182, Tom DeLonge, deu uma longa entrevista ao The Guardian falando mais sobre seu trabalho dentro da ufologia.

Ele afirmou que ajudou a Casa Branca e o governo do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, com estudos recentes sobre o tema.

"Não sei o que ele [Trump] sabe, mas sei que ajudamos a Casa Branca com informações."

Continua depois da publicidade

O cantor foi questionado, pelo jornal, se outros presidentes dos Estados Unidos também sabem algo sobre ufologia e não podem falar nada.

Inclusive, houve boatos quando Barack Obama deixou o poder que ele fosse revelar dados sobre ETs e Objetos Voadores Não Identificados (OVNIs) — mas nada feito.

"Não posso falar muito. Mas eu sei que houve momentos em que certos presidentes chegaram perto [de falar sobre ETs]. A questão sempre é: como as pessoas vão digerir isso se batermos na cabeça delas com essa marreta gigante? Isso é assustador para as pessoas no Pentágono, quando estão tentando manter a civilização unida com fita adesiva."

Em abril deste ano, O Departamento de Defesa dos Estados Unidos divulgou três vídeos que, de acordo com o órgão do governo, mostram pilotos da Marinha interagindo com "fenômenos aéreos não identificados".

Acontece que os vídeos já tinham sido vazados em 2017 por Tom DeLonge, em sua organização To the Stars Academy. Duas das filmagens são de janeiro de 2015 e a outra de novembro de 2004. Em setembro de 2019, o Pentágono atestou a sua veracidade.

Continua depois da publicidade

Considerado louco por muitos, o músico virou produtor executivo em 2019 da série "Unidentified", do History Channel, resgatando casos misteriosos que já aconteceram no planeta Terra.

DeLonge reuniu pessoas com extenso gabarito dentro do serviço secreto e exército norte-americano para ajudá-lo nesta empreitada, como Luis Elizondo, que liderou um programa numa área secreta no Pentágono.