PUBLICIDADE
Topo

Stalker de Taylor Swift é condenado a 2 anos e meio de prisão

Taylor Swift: homem que a perseguiu vai passar 30 meses na cadeia
Taylor Swift: homem que a perseguiu vai passar 30 meses na cadeia
Beth Garrabrant

De Splash, em São Paulo

17/09/2020 10h05

Eric Swarbrick, um residente de Austin, no Texas (EUA), foi condenado a dois anos e meio de prisão por enviar cartas e e-mails ameaçadores para Taylor Swift e sua ex-gravadora. A informação é da Billboard.

Continua depois da publicidade

Após os 30 meses de prisão, Swarbrick passará três anos em liberdade condicional. O homem admitiu sua culpa e assinou um acordo com a promotoria no final do ano passado, mas a sentença final só foi decidida agora.

Segundo os documentos do processo, Taylor e a gravadora receberam mais de 40 cartas de Swarbrick no ano de 2018. O tom dos textos se tornou cada vez mais violento e ameaçador com o tempo, e o homem chegou a dirigir até a sede da Big Machine Records para entregar três das cartas.