PUBLICIDADE
Topo

'Será um sucesso se não for entediante', diz Jimmy Kimmel sobre Emmy remoto

Jimmy Kimmel durante o programa "Jimmy Kimmel Live!"
Jimmy Kimmel durante o programa "Jimmy Kimmel Live!"
Reprodução / YouTube

Guilherme Lucio da Rocha

Do Splash, em São Paulo

17/09/2020 04h00Atualizada em 17/09/2020 13h43

Jimmy Kimmel terá uma missão complicada no domingo (20): apresentar o Emmy. Mas por que difícil, já que ele já fez isso antes —e duas vezes? É que dessa vez a cerimônia será remota.

O apresentador se diz tranquilo com a ideia de comandar um evento sem público. Mesmo ele acontecendo no gigante Staples Center, em Los Angeles. Em entrevista à Variety, ele afirmou que está confortável em não ter o retorno da audiência.

Continua depois da publicidade

Claro, é mais engraçado quando você tem aquelas gargalhadas por conta das piadas nas quais você trabalhou duro durante meses, mas o que se pode fazer? É uma pandemia!

E o que preocupa o apresentador na novidade em ser host de um evento virtual? Bem, ele não quer fazer a galera dormir no sofá.

Será um sucesso se não for entediante, isso é o que me preocupa mais.

Continua depois da publicidade

Kimmel foi convidado para comandar a festa antes de a pandemia ser decretada. E achou que tinha se dado bem.

Na verdade, eu fui convidado para ser apresentador bem antes da pandemia. Então eu disse: 'sim, eu gostaria de apresentar. Seria uma coisa legal de se fazer'. E depois eu percebi que aquilo foi um erro [risos].

Bom, digamos que não é um erro aceitar ser apresentador de uma das maiores premiações da cultura pop do mundo. Mas fazer isso durante uma pandemia deve dar um friozinho na barriga e um certo medo, né? Não para Jimmy Kimmel. Em outra entrevista, ao site Hollywood Reporter, ele se diz bem de boa

Eu tenho um lado masoquista estranho, eu gosto de me colocar em situações difíceis. Então, se o pior acontecer e tudo der errado, definitivamente vai ter uma parte de mim se divertindo com aquilo.

Continua depois da publicidade

E se der algum ruim, não vai ser a primeira vez que o apresentador terá problemas num palco tão grande.

Em 2017, Jimmy foi apresentador do Oscar. Na entrega do prêmio de melhor filme rolou uma confusão e a dupla Warren Beatty e Faye Dunaway anunciou "La La Land" como vencedor, quando na verdade estatueta era de "Moonlight".

Aquilo foi o tipo de coisa que acontece nos sonhos. Saber no que está se metendo é uma grande parte de como você vai reagir a algo. E, obviamente, nós não sabíamos que aquilo aconteceria. Isso [o Emmy virtual], a gente sabe o que vai acontecer. Acho que a única coisa que pode ser comparável é se nosso wi-fi for cortado e eu tiver que falar por três horas.

Continua depois da publicidade

O apresentador espera que os vencedores que estarão nas suas casas, com suas famílias, transmitam a energia e que o evento possa ser uma premiação especial para o momento, sem esquecer daqueles que estão na linha de frente da pandemia.

Eu espero que não seja o típico: 'Sente em frente o seu monitor com sua seleção de livros ao fundo'. Eu espero que as famílias dos indicados fiquem loucas quando eles vencerem.