PUBLICIDADE
Topo

Mauricio Stycer

Filho de Bolsonaro ignora cuidados da Record e da Globo e critica reality

BBB 21: Primeira foto dos brothers juntos após encontro com os seis imunizados - Reprodução/Globoplay
BBB 21: Primeira foto dos brothers juntos após encontro com os seis imunizados Imagem: Reprodução/Globoplay
Mauricio Stycer

Mauricio Stycer é jornalista desde 1985. Repórter e crítico do UOL, colunista da Folha de S.Paulo, passou por Jornal do Brasil, Estadão, Folha, Lance!, Época, CartaCapital, Glamurama Editora e iG. É autor de "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018).

Colunista do UOL

27/01/2021 11h59

Assim como fez a Record com "A Fazenda 12" no segundo semestre de 2020, a Globo confinou os participantes do "BBB 21" duas semanas antes do início do reality show, em janeiro de 2021. A intenção das duas emissoras foi garantir que ninguém com covid-19 entrasse nos programas.

A estratégia funcionou muito bem no reality da Record, permitindo que os 20 participantes interagissem sem preocupação. O programa se tornou um raro ambiente onde a aglomeração era possível sem medo de contágio.

O "BBB 21", que começou nesta segunda-feira (25), aposta na mesma estratégia. Com todos os 20 brothers testados, a casa mais vigiada do Brasil, em tese, é um espaço protegido, livre do risco de contaminação.

Por este motivo, causou surpresa - e provocou risos - a manifestação do vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos - RJ) no Twitter nesta quarta-feira (27). Comentando uma imagem divulgada por um apoiador do presidente Jair Bolsonaro que mostrava quatro participantes do "BBB", ele ironizou a "aglomeração" no reality:

- "Aglomeração do bem!"
- "Não uso de máscaras do bem!"
- " Fique em casa você, trabalho para os funcionários da grobo!"

Além de mostrar desconhecimento sobre a forma como a produção está lidando com a pandemia, Carlos Bolsonaro também teria, numa outra mensagem, supostamente apagada, criticado a Globo por ter vacinado os participantes.

Na imagem que circula da internet, além das três frases mencionadas, o vereador também teria escrito: "Vacinados sem prioridade do bem".

Pode ter sido uma confusão com o fato de que seis dos 20 participantes já entraram no "BBB 21" na condição de "imunizados" numa votação feita ao longo de uma semana. Ou seja, não podem ser indicados ao paredão neste início do reality. Até brinquei, no Twitter, dizendo que os seis ficaram no "Quarto Butantan".

Em tempo de imunização contra o coronavírus, "imunização" contra o paredão é apenas um refresco. Mas pode confundir os mais apressados.