PUBLICIDADE
Topo

Leandro Carneiro

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Antônio Tabet ganha ação contra TNT: valor pode chegar a R$ 4 milhões

Antonio Tabet é conhecido como Kibe Loco - Reprodução/Instagram
Antonio Tabet é conhecido como Kibe Loco Imagem: Reprodução/Instagram
Conteúdo exclusivo para assinantes
Leandro Carneiro

Editor de Splash, viciado por qualquer tipo de reality show, inclusive aqueles que os famosos vivem na vida real. Jornalista há mais de 10 anos e palpiteiro desde sempre. Se o assunto for esporte entro em campo também.

Colunista do UOL

10/08/2021 12h28

O humorista Antônio Tabet, mais famoso como Kibe Loco, ganhou uma ação contra a Turner, dona do grupo TNT. Ele receberá uma indenização que pode chegar a R$ 4 milhões.

Tabet havia rescindido seu contrato com a Contente Produções LTDA em 2016 após ficar sem receber salário pelo programa "O Show do Kibe", do qual era apresentador. A atração foi feita para ser exibida na TNT, que tinha contrato próprio com a produtora. A Turner, então, foi notificada do término de vínculo entre Tabet e Contente.

Ainda assim, depois disso, a TNT exibiu mais de cem episódios da segunda temporada de "O Show do Kibe".

Por este motivo, fomos obrigados a entrar com uma nova ação, agora diretamente contra o canal de TV a cabo, para impedir a exibição do programa e, por consequência, indenizar pelo uso indevido por todo o período.

Marcio Andraus, do CCLA Advogados, que representa o humorista

O juiz Fábio de Souza Pimenta, da 32ª Vara Cível da Capital, havia decidido em 2019 que a exibição dos episódios era indevida e Tabet merecia ser indenizado. A Turner recorreu e agora a 8ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo que manteve o que havia sido estabelecido.

Com a multiplicação de valores por episódio e danos morais estabelecidos pela Justiça, a Turner pode ter de pagar até R$ 4 milhões ao humorista.

A Turner foi procurada para comentar a decisão judicial, mas não respondeu até a publicação.