PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Fernando Alonso anuncia participação nas 24 Horas de Daytona de 2019

No seu ano de estreia em provas de endurance, Fernando Alonso venceu em Spa-Francorchamps e Le Mans - Andrej Isakovic/AFP
No seu ano de estreia em provas de endurance, Fernando Alonso venceu em Spa-Francorchamps e Le Mans Imagem: Andrej Isakovic/AFP

Do UOL, em São Paulo

27/11/2018 20h54

Dias depois do adeus à Fórmula 1, o Fernando Alonso, anunciou, nesta terça-feira (27), que participará das 24 Horas de Daytona em janeiro que 2019. O espanhol disputará a prova pela Wayne Taylor Racing, dirigindo um WTR #10 Cadillac DPi-V.R. Além dele, também correrão pela equipe o japonês Kamui Kobayashi - outro confirmado nesta terça -, o norte-americano Jordan Taylor e o holandês Renger van der Zande. 

"Estou muito feliz de me juntar à Konica Minolta Cadillac e Wayne Taylor Racing para disputarmos juntos as 24h de Daytona", afirmou Alonso. "Retornar aos Estados Unidos é sempre especial. A atmosfera criada pelos torcedores norte-americanos é única durante todo o fim de semana incrível. Eu realmente espero lutar pela vitória, assim como me divertir e colocar um sorriso de volta no rosto dos fãs."

Na sua primeira participação na prova de Daytona, em 2018, Alonso terminou na 38ª colocação, após muitos problemas mecânicos no carro, então da United Autosports. 

Carro da Wayne Taylor Racing nas 24 Horas de Daytona - Twitter/alo_oficial - Twitter/alo_oficial
Nas 24 Horas de Daytona, Alonso pilotará pela Wayne Taylor Racing
Imagem: Twitter/alo_oficial

Atual líder da classe LMP1 da temporada 2018/19 do Campeonato Mundial de Endurance (WEC, na sigla em inglês), Alonso venceu as duas primeiras provas do torneio, as 6 Horas de Spa-Francorchamps, em maio, e as 24 Horas de Le Mans, em junho. Nesta competição, ele corre pela Toyota Gazoo Racing e divide o cockpit com o japonês Kazuki Nakajima e o suíço Sébastien Buemi. 

"No ano passado, eu fiz minha estreia tanto em provas de endurance, como de protótipos esportivos, além desta pista. Eu fiquei com o desejo de muito mais depois que um problema no freio acabou com as nossas chances de subir ao pódio", acrescentou. "Depois de um ano intenso, no qual eu competi tanto na Fórmula 1, como no Campeonato Mundial de Endurance (WEC, na sigla em inglês), estou muito ansioso para 2019 e para tentar conquistar uma das mais importantes corridas do mundo."

A Wayne Taylor Racing foi a campeão das 24 Horas de Daytona em 2017, quando teve ao volante os americanos Jordan Taylor (que será companheiro de Alonso), Ricky Taylor e Jeff Gordon e o italiano Max Angelelli. Ao todo, a equipe acumulou cinco pódio seguidos na prova, entre 2013 e 2017. 

Esporte