PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Após ser processada, Fina anuncia nova competição com prêmios milionários

13/12/2018 18h56

Redação Central, 13 dez (EFE).- A Federação Internacional de Natação (Fina) anunciou nesta quinta-feira a criação de uma nova competição, a Champions Swim Series, que passará a ser disputada no ano que vem e terá uma premiação total de quase US$ 4 milhões.

Embora o comunicado oficial da federação não mencione o assunto, a iniciativa serve como resposta por ter sido processada por vários nadadores em um tribunal dos Estados Unidos por práticas de monopólio.

A denúncia, apresentada, entre outros, pela multicampeã olímpica e mundial Katinka Hosszu, acusa a Fina de bloquear iniciativas como a apoiada pela Liga Internacional de Natação (ISL), decidida a organizar um circuito profissional à margem da Fina.

O bloqueio obrigou o cancelamento do Energy for Swin, competição que seria disputada nos dias 20 e 21 deste mês em Turim, na Itália, e teria a participação de algumas estrelas da natação mundial, atraídas pela premiação.

"No seu constante esforço por inovar e brindar novas oportunidades às estrelas do nosso esporte, a Fina tem a satisfação de anunciar o lançamento desta nova competição, com a qual queremos criar um autêntico espetáculo, no qual a presença e a promoção das estrelas serão dois conceitos fundamentais", afirmou o presidente da Fina, o uruguaio Julio Maglione.

A nova competição constará de três períodos entre os meses de março e maio e só aceitará a participação de medalhistas olímpicos e mundiais e de recordistas do ano.

Esporte