PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Nos pênaltis, Al Ain alcança virada épica e despacha time neozelandês

12/12/2018 16h24

Al Ain (Emirados Árabes), 12 dez (EFE).- O Campeonato Mundial de Clubes, que é organizado pela Fifa e vem sendo criticado pela falta de emoção e baixo nível técnico, começou de maneira eletrizante nesta quarta-feira, com vitória nos pênaltis do Al Ain, dos Emirados Árabes, sobre o Team Wellington, da Nova Zelândia, por 4 a 3.

Os donos da casa conseguiram a classificação após uma volta por cima, já que viraram a etapa inicial do tempo normal perdendo por 3 a 0 e foram buscar o empate em três gols. Após prorrogação, nas penalidades, o grande nome foi o goleiro Khalid Eisa, que defendeu as cobranças do atacante Angus Kilkolly e do zagueiro Justin Gulley.

Nos primeiros 90 minutos, o campeão da Oceania abriu folgada e surpreendente vantagem na primeira etapa, com gols do meia argentino Mario Barcia, aos 11, do meia neozelandês Aaron Clapham, aos 15, e do zagueiro neozelandês Mario Ilich, aos 44.

Pouco antes do intervalo, o meia japonês Tsukasa Shiotani descontou, aos 45, para os anfitriões. No segundo tempo, o volante malinês Tongo Doumbia, aos 4, e o atacante sueco Marcus Berg, aos 40, alcançaram a igualdade, forçando a prorrogação.

No tempo adicional, os dois times lutaram e seguiram buscando o gol, mas em ritmo bem menos frenético do que nos 90 minutos. Já acréscimos da etapa complementar, o meia-atacante Mohamed Abdulrahman foi expulso, deixando o Al Ain com um homem a menos.

O único brasileiro em campo na partida foi o atacante Caio, formado na base do São Paulo, que está no clube dos Emirados Árabes desde 2016. O camisa 7 teve boa participação no jogo, com direito a gol marcado no tempo normal, que acabou anulado devido interferência do VAR, que marcou falta de um companheiro dele na jogada.

Além disso, Caio cobrou o quinto pênalti dos donos da casa nas cobranças de pênalti, balançando a rede, antes de Khalid Eisa defender a cobrança de Gulley e fechar o placar em 5 a 4.

Com a vitória, o Al Ali avança para enfrentar o Espérance de Tunis, da Tunísia, neste sábado, pelas quartas de final. O vencedor do encontro terá pela frente o River Plate, campeão da Taça Libertadores, na próxima terça-feira.

Na outra chave, Kashima Antlers e Chivas Guadalajara duelarão pelas quartas de final, para definir o primeiro adversário do Real Madrid no Mundial de Clubes.

Esporte