PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Governo do Marrocos não tem resposta sobre sediar Copa com Espanha e Portugal

22/11/2018 17h46

Rabat, 22 nov (EFE).- O governo do Marrocos ainda não tem uma resposta para a proposta da Espanha de uma candidatura conjunta, que ainda poderia incluir Portugal, para sediar a Copa do Mundo de 2030, segundo afirmou nesta quinta-feira o porta-voz da presidência do país africano, Mustafa Jalfi.

"Quando tivermos uma decisão, ela será anunciada", disse o representante do Executivo, em entrevista coletiva concedida depois de reunião do Conselho de Governo, ao ser questionado sobre a iniciativa apresentada no início desta semana.

Na última segunda-feira, o presidente do governo da Espanha, Pedro Sánchez, propôs ao primeiro-ministro marroquino, Saadeddine Othmani, em reunião realizada em Rabat, que seja firmado um acordo para que o país, junto com Marrocos e Portugal, apresente candidatura para sediar a Copa do Mundo de 2030.

O Marrocos já se apresentou como possível sede e, com a chancela da Federação de Futebol do Norte Africano, estuda a possibilidade de ter como candidatos conjuntos a Argélia e a Tunísia.

Ontem, o primeiro-ministro de Portugal, Antonio Costa, classificou a ideia de sediar o torneio com espanhóis e marroquinos, como "ótima".

Esporte