PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Dirigente diz que interino é "candidato sério" para comandar seleção inglesa

26/10/2016 14h09

Londres, 26 out (EFE).- O diretor-executivo da Federação Inglesa de Futebol (FA), Martin Glenn, garantiu nesta quarta-feira que existem grandes possibilidades do interino Gareth Southgate ser efetivado no comando do 'English Team'.

"É um candidato sério, pois conhece bem o futebol de seleções. Fez um grande trabalho com a sub-21 e agora quer fazer o mesmo que a principal", disse o dirigente, que admitiu que a ideia na entidade é contratar um treinador inglês.

Southgate, de 46 anos, foi conduzido ao cargo após a demissão de Sam Allardyce, demitido um dois meses após ser anunciado, devido envolvimento em escândalo de esquema de negociações de jogadores.

O ex-zagueiro, a princípio, segue no cargo até as partidas do mês que vem da Inglaterra, pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, contra a Escócia, e em amistoso contra a Espanha.

"Ele comandaria a seleção em quatro compromissos. Depois, não teremos jogos até a metade de março, por isso, teremos muito tempo para pensar", disse o diretor-executivo da FA.

Esporte