PUBLICIDADE
Topo

Esporte

México confirma desaparecimento de jogador e família continua sem pistas

29/05/2016 18h30

Cidade do México, 29 mai (EFE).- As autoridades mexicanas confirmaram neste domingo o desaparecimento do meia-atacante Alan Pulido, do Olympiacos, em seu estado natal de Tamaulipas, e disseram que as pessoas que supostamente o sequestraram não entraram em contato com a família do jogador.

O procurador do estado, Ismael Quintanilla, disse à imprensa que nesta madrugada, após retornar de uma festa no norte da cidade, o jogador "foi interceptado por pessoas armadas e desde então seu paradeiro é desconhecido".

Quintanilla afirmou que a procuradoria de Tamaulipas não tem "conhecimento que (os responsáveis pelo sumiço do jogador) tenham falado com a família".

De acordo com o procurador, já foram recebidas instruções do secretário de governo, Miguel Ángel Osorio, as forças federais apoiarão na busca e localização do jogador.

O irmão de Alan, Armando Pulido, confirmou aos veículos de imprensa que o meia-atacante foi sequestrado na madrugada e que a família tem "todo o apoio" do governador.

Considerado um dos jogadores mais promissores do futebol do México, o jovem, de 25 anos, viveu o ponto alto da carreira em 2014, quando fez parte do elenco do país na Copa do Mundo, mesmo não tendo saído do banco de reservas.

Representantes do futebol mexicano e clubes já expressaram solidariedade com a família do jogador por intermédio das redes sociais.

"Neste momento difícil, nossos pensamentos e orações estão com Alan. Esperamos sinceramente que esta dura experiência termine em breve e que Alan volte para casa são e salvo", escreveu o Olympiacos em sua conta oficial no Twitter.

Esporte