PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Conmebol revela em Bogotá o troféu de campeão da Copa América Centenário

29/04/2016 02h13

Bogotá, 28 abr (EFE).- Como se tivesse caído literalmente do céu, desceu do topo do edifício-sede da Federação Colombiana de Futebol, em uma urna especial, o troféu que a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) entregará ao Campeão da Copa América Centenário, que foi apresentado oficialmente nesta quinta-feira em Bogotá, na Colômbia.

A peça, em formato de jarra e com o mapa do continente americano gravado em sua superfície, tem 61 centímetros de altura e quase sete quilos de peso, com uma base de metal prateada e banhada em ouro 24 quilates.

No evento, que foi conduzido pelo presidente da Conmebol, o paraguaio Alejandro Domínguez, estiveram presentes os representantes de todas as federações e associações de futebol do continente, que lembraram o centenário da Copa América.

O torneio, que será disputado entre os dias 3 e 26 de junho nos Estados Unidos, espera contar com jogadores representativos de cada país da América do Sul e da Confederação de Futebol da América do Norte, Central e Caribe (Concacaf).

"Os organizadores da Copa pedem um compromisso de todas as associações de futebol, que se esforcem para que suas seleções venham para a competição com seus jogadores mais representativos. Não é uma exigência, é um compromisso das partes e acredito que isso ajuda a enaltecer o nível da copa", afirmou o dirigente da Conmebol.

Na apresentação do troféu, foi feito um reconhecimento às quatro federações que fundaram e disputaram a primeira Copa América em 1916: Argentina, Chile, Brasil e Uruguai, cujos representantes receberam uma réplica da taça original do torneio de futebol mais antigo do mundo.

Esporte