PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Jones questiona qualidade de Adesanya e afirma que o vence com facilidade: "Sofreria até a morte"

Ag. Fight

05/12/2021 07h00

Ao que parece, Jon Jones e Israel Adesanya estão em rota de colisão novamente. No passado, os astros do MMA se provocavam e discutiam de forma pública com frequência, porém, com o passar do tempo, houve uma trégua entre as partes. Contudo, bastou o questionamento feito por um fã do antigo rei dos meio-pesados (93 kg) do UFC para o mesmo reacender a chama da rivalidade com o campeão do peso-médio (84 kg).

Ao realizar uma sessão de perguntas e respostas em sua redes sociais (veja abaixo ou clique aqui), Jones, sem titubear, projetou o que aconteceria, caso lutasse contra Adesanya nos meio-pesados do UFC, categoria que dominou durante anos. Confiante, o antigo rei da divisão afirmou que venceria o campeão dos médios em sua aventura no peso superior e garantiu que o hipotético embate não seria nada equilibrado, como parte da comunidade do MMA pode imaginar.

De acordo com Jones, a diferença de nível no grappling, principalmente no wrestling, seria decisiva em um possível duelo contra Adesanya. Vale lembrar que, quando o nigeriano se aventurou nos meio-pesados, em março, perdeu para o então campeão Jan Blachowicz na base da luta agarrada. Como 'Bones' ficou conhecido no MMA por conta de sua inteligência e também por ter um alto nível no setor, o atleta cravou que iria castigar o desafeto com suas tradicionais cotoveladas. Inclusive, essa não foi a primeira vez que o americano minimizou as habilidades do rival.

"Já se passou muito tempo desde que lutei contra alguém com um nível de grappling tão baixo. Ele teria sofrido um 'ground and pound' até a morte"

Apesar da provocação, o momento de Jon Jones no UFC não é bom e seu futuro na organização é incerto. Após anunciar que subiria para o peso-pesado, 'Bones' focou em sua preparação e, visivelmente, seu corpo sofreu mudanças. Dessa forma, o retorno do lutador aos meio-pesados, categoria que dominou, é inviável.

Com esse cenário, para permanecer na atual divisão e enfrentar Francis Ngannou ou Ciryl Gane pelo título, o americano terá que aceitar o valor que Dana White está disposto a pagar ou convencer o cartola a valorizar seu passe, algo que parece improvável.

It's been a really long time since I fought someone was such a low level of grappling. He would've got ground and pounded to death https://t.co/QT0QxxdU6z

- BONY (@JonnyBones) December 4, 2021

Esporte