PUBLICIDADE
Topo

Esporte

'Borrachinha' reforça desejo de ficar no peso-médio, mas deixa futuro em aberto

Ag. Fight

Ag. Fight

25/10/2021 12h54

Na última semana, Paulo 'Borrachinha' foi manchete no mundo das lutas por relação a seu peso. Inicialmente escalado para encarar Marvin Vettori, no UFC Vegas 41, no peso-médio (84 kg), o brasileiro apareceu bem mais pesado e, após longas negociações, o duelo foi promovido aos meio-pesados (93 kg). Depois do evento, Dana White, presidente da companhia, afirmou que o mineiro agora atuaria na divisão até 93 kg, mas parece que não será tão simples assim convencer o lutador desta mudança.

Em coletiva de imprensa depois do evento, 'Borrachinha' reforçou seu desejo de permanecer na categoria na qual disputou o cinturão em 2020. No entanto, o brasileiro deixou seu futuro em aberto ao admitir sofrer com a dieta para bater o peso até 84 kg e também pela recompensa salarial que recebe nesta divisão.

"Posso lutar nos meio-pesados, mas também nos médios. Acho que o melhor para mim é voltar para a minha categoria, dos médios, ir atrás do cinturão e depois mudar. Posso lutar nos meio-pesados a qualquer momento, mas se eu posso bater 84 kg, por que não?", disse o atual número dois do ranking dos médios, emendando.

"Eu me sinto saudável (no peso-médio). O único problema é que preciso fazer muita dieta. Só salada o dia inteiro. Então, não é divertido e é muito estressante. Preciso colocar na balança e ver se vale a pena. Pelo que me pagam agora, preciso pensar", completou.

No MMA profissional desde 2012, Paulo 'Borrachinha' possui 13 vitórias e duas derrotas em seu cartel na modalidade. O brasileiro estreou pelo Ultimate em 2017 e logo engatou cinco triunfos consecutivos, sendo quatro por nocaute. O resultado positivo mais relevante do lutador na companhia aconteceu sobre Yoel Romero, em 2019, por pontos.

Esporte