PUBLICIDADE
Topo

Esporte


Deontay Wilder culpa fantasia pesada por derrota para Tyson Fury

Ag. Fight

25/02/2020 13h17

Em meio ao carnaval, Deontay Wilder adentrou ao ringue para enfrentar Tyson Fury como um verdadeiro folião - com uma chamativa e luxuosa fantasia. No entanto, a tradicional entrada do pugilista americano parece ter sido um tiro no pé, ou melhor, nas pernas. Após ser derrotado por 'The Gypsy King' no último sábado (22) e perder o cinturão do Conselho Mundial de Boxe (WBC), 'The Bronze Bomber' culpou a pesada vestimenta revés, que, de acordo com o boxeador, fez com que ele competisse desgastado.

Em entrevista ao site 'Yahoo Sports', Wilder minimizou o mérito de Fury e destacou que a fantasia de quase 20 kg minou seu jogo de pernas durante o confronto. Após sete rounds de domínio do peso-pesado britânico, o corner de Fury jogou a toalha em sinal de desistência e o americano conheceu sua primeira derrota na carreira como profissional de boxe.

"Ele não me machucou mesmo, mas um simples fato... aquele uniforme era muito pesado para mim. Já não tinha pernas no início da luta. No terceiro round, minhas pernas já estavam totalmente desgastadas. Mas sou um guerreiro e as pessoas sabem disso. Era fácil notar que não tinha minhas pernas (100%). Muitas pessoas me disseram: 'Parecia que havia algo errado com você'. E realmente havia, mas quando se está no ringue, você tem que esconder essas coisas. Tentei meu melhor fazendo isso. Mas sabia que não tinha pernas por conta da fantasia", analisou Deontay, antes de revelar o peso da vestimenta.

"Só tive a oportunidade de vestir (pela primeira vez) na noite anterior, mas não achava que seria tão pesada. Pesava uns 18 kg, até um pouco mais com o capacete. Queria que meu tributo para o Mês da História Negra fosse incrível, e acabei colocando isso acima de tudo", completou o pugilista.

Com o triunfo, Fury manteve sua invencibilidade no boxe. Agora são 30 vitórias e um empate no cartel - no primeiro duelo diante de Wilder, em 2018. A tendência é que o inglês conceda uma revanche para Deontay e os dois pesos-pesados protagonizem uma trilogia no futuro.

Esporte