PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Ex-campeã é retirada de ranking do UFC e levanta rumores de demissão

Ag. Fight

12/12/2018 17h40

Desde que foi criado, o ranking oficial do UFC tem funcionado, de maneira geral, um guia das perspectivas dos atletas dentro da empresa. Assim, se um lutador reaparece na listagem depois de muito tempo fora, pode-se inferir que há o desejo do Ultimate de promover um duelo próximo; se uma vitória alavanca alguém para as primeiras posições, é possível deduzir que está perto de uma disputa de cinturão; e se ele simplesmente sai da relação dos 15 melhores, uma demissão pode ser anunciada em breve. Este último caso parece ter acontecido com Nicco Montaño, ex-campeã do peso-mosca (57 kg) feminino.

Montaño ocupava a primeira colocação da relação de desafiantes da categoria até a última terça-feira (11). Nesta quarta (12), porém, ela não consta mais na lista - o que alimenta rumores de que ela não faz mais parte do rol de atletas da empresa. A hipótese de demissão de Nicco é fortalecida ainda por outro fato: a atualização semanal do ranking, que normalmente leva em conta os resultados dos eventos mais recentes, não foi feita em relação a mais nenhuma lutadora. Por exemplo, Katlyn Chookagian, que ocupava o segundo posto, foi alçada ao primeiro lugar mesmo tendo perdido para Jessica Eye, oitava colocada, no UFC 231, sábado passado.

A relação de Nicco com o UFC foi bastante estremecida durante o curto reinado da lutadora na divisão. Vencedora do programa 'The Ultimate Fighter 26', que coroou no fim de 2017 a primeira campeã dos moscas, ela sofreu críticas por repetidas vezes declarar não estar pronta fisicamente para defender o cinturão. Ela chegou a ser escalada para o UFC 228, em setembro, mas acabou hospitalizada durante o processo de corte de peso e teve seu título retirado pela organização. ?

No último sábado (8), Valentina Shevchenko, que enfrentaria Montaño na luta que não aconteceu, conquistou o título vago ao derrotar Joanna Jedrzejczyk por decisão unânime dos árbitros. Com a saída de Nicco do ranking, Paige VanZant - que encara Rachael Ostovich no dia 19 de janeiro - reapareceu na listagem, na última posição.

Esporte