PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Lutador nocauteia, mas dá golpe final e é desclassificado; veja

Ag. Fight

24/09/2018 18h54

Como transformar uma vitória por nocaute em uma derrota? Austin Batra sabe explicar. O lutador amador, que disputava o título meio-médio (77 kg) do Battlefield Fight League, em Coquitlam (CAN), no último sábado (22), conseguiu apagar seu adversário, Perry Hayer, com um soco de esquerda, mas acabou desqualificado.

Ao ver o rival imóvel no chão, Batra ignorou a intervenção do árbitro e saltou para dar uma 'martelada voadora' com as duas mãos (veja abaixo ou clique aqui). Só que, evidentemente, o duelo já estava interrompido pelo juiz. Assim, apesar de ter superado Hayer no cage, o atleta teve a vitória retirada.

Para completar, Hayer foi declarado campeão, mesmo tendo sido nocauteado. Segundo o site 'Tapology', especializado em compilar cartéis de atletas, o novo detentor do cinturão amador do BFL tem cinco vitórias e sete derrotas na carreira. Batra, por sua vez, sofreu o segundo revés em seis lutas, tendo vencido todas as outras.

Wow. Craziness at #BFL57. Austin Batra KOs Perry Hayer but gets disqualified for this unnecessary jumping asshole finish. Wild stuff. pic.twitter.com/W7frtUrS0l

? Fight For Something (@fight4something) September 23, 2018

Esporte