PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Tumulto em estádio deixa oito mortos em Camarões durante a Copa Africana de Nações

25/01/2022 06h03

Yaoundé, Camarões, 25 Jan 2022 (AFP) - Oito pessoas morreram esmagadas e 50 ficaram feridas na segunda-feira (24) em um tumulto fora de um estádio de Camarões onde a seleção local disputava as oitavas de final da Copa Africana de Nações (CAN), informou o ministério da Saúde.

A tragédia aconteceu quando uma multidão tentou entrar à força no estádio Olembe, com capacidade para 60.000 espectadores, para assistir a vitória de 2-1 de Camarões sobre Comores.

"Registramos oito mortes, incluindo uma criança", afirma um comunicado do ministério.

Algumas horas antes, a televisão estatal anunciou um balanço de "seis mortos e dezenas de feridos".

O ministério informou que o tumulto aconteceu na estrada sul do estádio.

"As vítimas foram transportadas imediatamente para hospitais em ambulâncias, mas o tráfego intenso atrasou o traslado", afirmou o governo.

Um bebê foi pisoteado durante o tumulto, mas foi levado para um hospital de Yaoundé e está em condição "estável".

Cinquenta pessoas ficaram feridas no incidente incidente, incluindo duas pessoas com múltiplas lesões e outras duas com ferimentos graves na cabeça.

A Confederação Africana de Futebol (CAF) "investiga a situação para obter mais detalhes do incidente", informou a entidade em um comunicado.

A CAF convocou uma "reunião de crise" com o comitê organizador local para esta terça-feira para examinar a segurança nos estádios.

O ministro camaronês da Saúde, Manaouda Malachie, publicou no Twitter fotos de sua visita a um hospital que atendia os feridos.

No gramado, antes da divulgação da notícia do incidente do lado de fora do estádio, Camarões garantiu vaga nas quartas de final do torneio e enfrentará Gâmbia no fim de semana em Douala.

Comores fez uma grande partida contra o time da casa, depois de avançar para as oitavas de final em sua primeira participação na CAN.

Minutos após o apito final da partida não havia sinais da tragédia nas proximidades do estádio Olembe - que foi construído especialmente para a CAN.

Para evitar a propagação do coronavírus, o estádio teve a capacidade limitada a 60% de sua capacidade durante o torneio, o que aumenta para 80% nas partidas de Camarões.

dyg/hpa/mas/lm/ag/cjc/atm/mas/dbh/fp

Esporte