Topo

Esporte


Técnico do Barça espera que tensão na Catalunha não afete clássico com Real Madrid

17/10/2019 20h21

Barcelona, 17 Out 2019 (AFP) - O técnico do Barcelona, Ernesto Valverde, mostrou nesta quinta sua confiança em poder jogar o clássico do campeonato espanhol contra o Real Madrid no dia 26 de outubro no Camp Nou, depois que a Liga espanhola solicitou a mudança de estádio devido às tensões na Catalunha.

"Ainda restam nove dias para essa partida, está claro que esta semana está sendo um pouco estranha em Barcelona, mas ainda resta tempo. Confiamos em nós, em nossa gente, em poder jogar essa partida em nosso estádio", afirmou Valverde durante a coletiva de imprensa.

O técnico 'azulgraná' lembrou que sua equipe viaja nesta quinta-feira a Eibar para a partida do campeonato espanhol de sábado e depois na terça-feira a Praga para um jogo da Liga dos Campeões contra o Slavia.

"Teríamos que voltar a viajar, mas não só por esta questão, mas também por uma questão de respeitar o calendário e o da torcida. E o normal é jogar em nosso campo", afirmou.

Os distúrbios dos últimos dias em Barcelona após os protestos independentistas levaram a organização do campeonato espanhol a solicitar junto à Federação Espanhola (RFEF) uma mudança para que este primeiro clássico da temporada seja disputado em Madri e a volta em Barcelona, invertendo o calendário inicialmente previsto.

A princípio as duas equipes rejeitaram esta proposta e nas últimas horas aparentemente foi aberta a possibilidade de um adiamento da data do jogo.

"Acho que faltam nove dias para essa partida. Estão falando muito desse jogo com essa margem de tempo", insistiu Valverde, afirmando que "se você me disser que a partida será amanhã ou depois, então talvez, mas ainda faltam nove dias".

"Todo mundo está acreditando de que as imagens que estamos vendo esta semana vão chegar a essa partida. Não sabemos, não tem por que ser assim", afirmou, em referência aos enfrentamentos entre grupos de manifestantes e a polícia em Barcelona.

"Mas, é uma oportunidade para demonstrar um monte de coisas; que essa partida pode acontecer perfeitamente, que respeitamos o rival, que dentro de algumas normas mínimas de civismo tudo pode funcionar", insistiu Valverde, que terminou a entrevista visivelmente cansado devido às perguntas em torno do clássico contra o Real Madrid.

gr/gh/aam

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Esporte