PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Ed O'Neill, o Al Bundy, é faixa-preta no jiu-jitsu e treinou em time da NFL

Ed O"Neill, como o personagem Al Bundy, de Um Amor de Família - Reprodução
Ed O'Neill, como o personagem Al Bundy, de Um Amor de Família Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

26/03/2021 04h00

Os personagens Al Bundy e Jay Pritchett, interpretados por Ed O'Neill nas aclamadas séries Um Amor de Família e Modern Family, têm uma coisa em comum: ambos jogaram futebol americano na escola e na faculdade. O que pouco se sabe é que essa semelhança também tem relação com o próprio ator. O'Neill chegou, inclusive, a ser contratado pelo Pittsburgh Steelers, da NFL, mas não chegou a jogar profissionalmente.

O'Neill atuava como defensive lineman quando era jovem. A habilidade no futebol americano fez com que ele ganhasse uma bolsa de estudos na Universidade de Ohio, nos Estados Unidos. O fim do sonho esportivo aconteceu em 1969, quando ele tinha 23 anos. Depois de ter assinado com os Steelers, O'Neill foi dispensado depois da fase de treinos e não assinou com mais nenhum time.

Diferentemente de Al Bundy, que leva a frustração do futebol americano para a vida toda, O'Neill seguiu outro caminho. Por um tempo, decidiu ensinar atuação, mas quando completou 30 anos, em 1977, tentou a carreira de ator. E deu muito certo!

O papel de Al Bundy, um pai de família que não gostava da mulher e do seu trabalho como vendedor de calçados, alavancou O'Neill ao sucesso. A série Um Amor de Família ficou no ar entre 1987 e 1997, e tinha Christina Applegate no elenco. O'Neill foi indicado duas vezes ao prêmio de melhor ator em série de TV no Globo de Ouro.

Ed O'Neill foi homenageado com uma estrela na Calçada da Fama - Alberto E. Rodriguez/Getty Images - Alberto E. Rodriguez/Getty Images
Imagem: Alberto E. Rodriguez/Getty Images

Os prêmios vieram mesmo em Modern Family. A série de enorme sucesso trazia Ed O'Neill como Jay Pritchett, o pai da família e que era casado com Gloria, interpretada por Sofia Vergara. Por esse papel, ele venceu o SAG Awards como melhor ator coadjuvante em série de TV em 2010 e 2011 e o Emmy de 2012 e 2013, também como melhor ator coadjuvante em série de TV.

Em 2011, ele foi homenageado com uma estrela na Calçada da Fama, em Hollywood, nos Estados Unidos. Curiosamente, a estrela dele está posicionada em frente a uma loja de calçados.

Enquanto a fama explodia na televisão, Ed O'Neill se arriscava em outra modalidade. Durante 28 anos, ele teve aulas de jiu-jitsu com Rorion Gracie, o criador do UFC. "Demorei 16 anos para me tornar faixa preta. Quando consegui, eu disse: isso deveria vir naturalmente para mim", brincou, em entrevista a Ellen DeGeneres.

Mas nem pense em ver O'Neill em alguma luta de MMA. A arte suave é o máximo de luta que ele aguenta aos 74 anos. "MMA não é para mim. O jiu-jitsu é um hobby, em me divirto muito fazendo".

Esporte