PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Sterling se manifesta após sofrer ofensa racista e reclama de jornal inglês

Clive Rose/Getty Images
Imagem: Clive Rose/Getty Images

09/12/2018 12h16

O atacante Raheem Sterling se manifestou nas redes sociais após a denúncia de racismo na partida do Manchester City contra o Chelsea, no último sábado. Um vídeo publicado pelo ex-jogador, Rio Ferdinand, mostra um torcedor dos Blues proferindo ofensas racistas ao atleta dos Citizens.

Leia também:

Em uma publicação no Instagram, Sterling ressaltou o tratamento utilizado pelos jornais em relação a jogadores negros e brancos. O atacante criticou duas matérias do "Daily Mail", ao apontar diferenças na abordagem do diário em relação a dois jovens atletas do City (Tosin Adarabioyo e Phil Foden), em assuntos parecidos.

No post, Sterling destaca que ambos os jogadores compraram casas para as respectivas mães. Porém, o jornal questionou o jogador Adarabioyo, que é negro e não havia estreado no profissional, a compra da casa. Já com Foden, branco, o tratamento não foi o mesmo.

"Isto ajuda a alimentar o racismo e comportamentos agressivos. Se os jornais não entendem porque as pessoas são racistas hoje em dia, só tenho a dizer para terem uma outra ideia sobre dar igualdade de tratamento a todos os jogadores", disse Sterling.

O Chelsea e a polícia local informaram que têm ciência das acusações e analisarão as imagens para saber o que, de fato, ocorreu. De acordo com o jornal "Evening Standard", o clube londrino vai buscar imagens do circuito interno do Stamford Bridge para tentar buscar o torcedor, assim como encontrar testemunhas para o caso.

Esporte